Publicidade

lazerecultura

SLAMC: Performance e espetáculo gratuito agitam Araraquara

Performance No Meu e o espetáculo Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin, Canção 1 serão realizadas às 19h e 20h no Palacete das Rosas

| ACidadeON/Araraquara -

 

 

Espetáculo "Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin" será apresentado em Araraquara (Foto: Ronie Felipe)

  

 


 


A Semana Luís Antonio Martinez Corrêa (SLAMC) de Araraquara apresenta nesta quinta-feira (23) a performance "No Meu" e o espetáculo "Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin, Canção 1". 

  Toda a programação é gratuita e é necessária a apresentação do comprovante de vacina e obrigatório o uso de máscara durante os eventos.

"No Meu" será apresentada às 19 horas, em frente ao Palacete das Rosas Paulo A.C. Silva. 

A performance propõe uma experiência de revelar nosso mundo particular dançante. Em cena: os alunos das Oficinas Culturais Municipais de dança Contemporânea, da educadora Sabrina Rocco. 

"No nosso mundo particular, nossos quartos e cômodos da casa são locais em que realizamos as primeiras experimentações de nossos corpos em movimento. Talvez seja nosso primeiro palco? E a plateia seria nossas camas, espelhos, cadeiras, abajur, guarda roupa?!"

Também em frente ao Palacete das Rosas, às 20 horas, a Cia. Os Crespos encena o espetáculo "Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin, Canção 1".  

Em legítima defesa, três homens negros em praça pública falam sobre seus afetos e suas lutas cotidianas para serem quem são. O amor como ato político, poético e estético é partilhado com os transeuntes. A discussão sobre homofobia, e o direito à família e ao corpo são temas dessa abordagem. A classificação é de 16 anos.

SLAMC  

A Semana Luís Antonio Martinez Corrêa será realizada de 18 a 25 de junho, com apresentações cênicas, performances, oficinas, encontros no Café de Investigação, cenas curtas e mesas redondas.

A provocação dessa edição apresenta o tema: "Encontros Mais Que Possíveis". A proposta inspira-se na ideia de diálogos ficcionais, imaginários, entre três nomes muito relevantes para a história do teatro brasileiro: Oswald de Andrade, na condição de componente do chamado "Grupo dos cinco" da Semana de Arte Moderna de 1922, Zé Celso e Luís Antonio Martinez Corrêa, artistas araraquarenses de grande relevância no teatro brasileiro.

Com curadoria da atriz Nilceia Vicente e o ator Victor Ferrari como coordenador de produção, a 34ª SLAMC vem com uma importante provocação: ao voltar para o passado e rever os movimentos artísticos que reformularam o pensamento sobre o fazer cultural, a aproximação da arte com a sociedade e a forma como esses rompantes artísticos vêm sendo refeitos ao longo do tempo, é também projetar- se para o futuro.

A SLAMC é uma realização da Secretaria Municipal da Cultura, Fundart, Coordenadoria Executiva de Cultura e tem o apoio da Unesp Araraquara, do Senac Araraquara e do Sesc Araraquara. Toda a programação é gratuita e as informações podem ser acompanhadas pelo site e redes sociais da Prefeitura de Araraquara e no Instagram da SLAMC (@slamc_aqa).

FICHA TÉCNICA:

"No Meu"

Direção: Sabrina Rocco

Concepção: Sabrina Rocco

Criação corporal: Elenco

Edição trilha sonora: Sabrina Rocco

Bailarinos: alunos da oficina cultural de dança contemporânea

"Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin, Canção 1", com Cia. Os Crespos

Dramaturgia e organização: Sidney Santiago Kuanza

Elenco: Jorge Guerreiro, Felipe Oládéle e Sidney Santiago Kuanza

Técnico: Edu Luz

Produção: Rafa Ferro

Direção Musical: Dani Nega

Pesquisa: Lucélia Sérgio, Vitor Bassi, Luis Navarro e Sírius Amem


SERVIÇO:

Semana Luís Antonio Martinez Corrêa (SLAMC)

Data: quinta-feira (23 de junho)

19h: Performance "No Meu"

Local: em frente ao Palacete das Rosas (Rua São Bento, 794 Centro)

20h: Espetáculo "Numa Terra Estranha - Fragmento à Baldwin, Canção 1", com Cia. Os Crespos

Local: em frente ao Palacete das Rosas (Rua São Bento, 794 Centro)



Publicidade