Câmara aprova criação da secretaria de Trânsito em Araraquara Câmara aprova criação da secretaria de Trânsito em Araraquara

Câmara aprova criação da secretaria de Trânsito em Araraquara

Assunto foi debatido, nesta terça-feira (02), durante sessão extraordinária da Casa de Leis

Assunto foi discutido, nesta terça-feira (02), em sessão da Câmara de Araraquara (Foto: Divulgação)
 

A Câmara Municipal aprovou, nesta terça-feira (02), a criação da secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana e novos cargos na Prefeitura de Araraquara. 


A proposta foi aprovada por 11 votos a quatro e teve um pedido de vistas apresentado pelo vereador Rafael de Angeli (PSDB) rejeitado pela maioria dos parlamentares presentes. 


Votaram contra a iniciativa da Prefeitura os vereadores Carlão do Joia (Patriota), Gerson da Farmácia (MDB), Marchese da Rádio (Patriota) e Rafael de Angeli (PSDB).  

VEJA TAMBÉM 

Políticos de Araraquara assinam manifesto da USP pela democracia 

Hospital de Campanha em Araraquara tem fios e disjuntor furtados 

Veja três concursos públicos com vagas em Araraquara e região



Os parlamentares Lineu Carlos de Assis (Podemos) e Lucas Grecco (União Brasil) não estavam presentes no momento em que o assunto foi debatido na Ordem do Dia.  

Vereadores aprovam criação de novos cargos e secretaria em Araraquara
 



O QUE DIZ O PROJETO?
Além da criação da secretaria de Trânsito, o projeto de lei criou três gerências, sendo a de Inspeção, junto à coordenadoria de Bem-Estar Animal; de Fundo de Solidariedade, junto ao Fundo Social; e de Apoio Administrativo, na coordenadoria de Direitos Humanos. 


A proposta aprovada pelos vereadores também transformou em permanentes os cargos extraordinários criados durante a pandemia da covid-19 em Araraquara e estipulou o piso do funcionalismo em R$ 1.302,64 como referência para ingresso em todos os cargos públicos. 


Por fim, o projeto de lei aumentou a quantidade de cargos públicos de Engenheiro Agrimensor, Engenheiro Civil e Engenheiro Eletricista, além da criação de Inspetor de Bem-Estar Animal e Sustentabilidade e Inspetor de Meio Ambiente. 


A Prefeitura explicou que a criação da secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana vem sendo debatida há tempos e planejada pela administração. Segundo o Executivo, a proposta foi impulsionada pela liquidação da Companhia Troleibus Araraquara (CTA). 


'A partir da efetiva extinção da CTA, cujo processo está em fase de finalização, a sua estrutura física retornará à Prefeitura de Araraquara, sendo que a esmagadora maioria de seu pessoal, por estar aposentada, terá seu vínculo trabalhista extinto. Portanto, a continuidade dos trabalhos da Controladoria do Transporte de Araraquara dependeria da implementação de uma nova estrutura de pessoal completa', explicou. 


A administração apontou ainda que, após análises e estudos, entendeu ser correta a decisão de criar a secretaria, com custo estimado em R$ 54,6 mil mensais, frente ao até então custo de R$ 136,8 mil executado pela CTA. Na visão da Prefeitura a medida representa economia.  

OUTRAS INICIATIVAS
Além da aprovação de novos cargos na administração municipal, os vereadores analisaram créditos adicionais no orçamento em andamento e deram autorização para a Prefeitura desafetar imóveis para destiná-los ao programa 'Minha Morada'.

As áreas nos bairros Ana Adelaide, Jacarandá, Silvestre e Esplanada serão desmembradas e transformadas em 104 lotes para o programa social. Já os créditos no orçamento totalizam pouco mais de R$ 1 milhão para diferentes áreas.

LEIA MAIS 

Chegada de voos internacionais ao Brasil registra recorde

Milton Filho

Milton Filho é repórter da editoria de cidades do portal acidade on. Formado pela Universidade de Araraquara tem passagens pela CBN Araraquara, TV Clube Band e Tribuna Impressa. Acumula há quase 10 anos experiência com internet, rádio e TV.+ info

Mais Notícias

Mais Notícias