Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Política

Faro Fino: Comissão de Ética da Câmara aceita pedido e investigará caso envolvendo vereador

Reunião na última sexta-feira (27) teria discutido o tema e diante de um impasse tido voto de desempate do presidente da Comissão

| ACidadeON/Araraquara

 

Zé Luiz, do Cidadania, durante sessão da Câmara. (Foto: Walter Strozzi/ACidade ON)

Vai investigar
A Comissão de Ética da Câmara de Araraquara vai investigar o caso envolvendo o vereador Zé Luiz (Cidadania) em possível irregularidade em um pedido feito pelo parlamentar à Prefeitura de mesas e cadeiras para um evento particular. O caso, que ganhou repercussão e também está sendo investigado pelo Ministério Público, foi denunciado à Comissão por Rodrigo Ribeiro, presidente do PSL e líder do Movimento Conservador de Araraquara. Mas, antes de seguir, será preciso a indicação de um novo membro para a Comissão de Ética. 

Voto de minerva
Segundo apurado pela coluna, durante o encontro da Comissão ao menos dois parlamentares - Magal Verri (MDB) e Raimundo Bezerra (Republicanos) -, foram contrários à abertura de investigação do parlamentar. Elton Negrini (PSDB) e José Carlos Porsani (PSDB), que é o presidente da Comissão, teriam votado favoráveis e assim, definido a abertura de investigação. Zé Luiz também compõe a Comissão, porém, há um pedido para seu afastamento por causa do caso. 

Falta grave
De acordo com Ribeiro, o parlamentar ofendeu a proposta da Casa de Leis, que é representar a população, atender os cidadãos pagadores de impostos, sem privilegiar nenhum indivíduo por interesses pessoais. "Partindo do princípio da impessoalidade, isonomia e publicidade que regem a administração pública nos decidimos protocolar um requerimento cobrando um posicionamento em relação a postura do vereador, que de forma clara, infringiu esses princípios legais", afirma. 

Empréstimos são comuns
Na época da denúncia, a Prefeitura informou que é comum o empréstimo de seus materiais, quando há disponibilidade, para apoio à eventos de associações e entidades, em especial quando são filantrópicos e beneficentes. Em relação ao caso de Zé Luiz, a Prefeitura disse que o empréstimo foi autorizado por ter sido informado se tratar de uma reunião comunitária. 

Não retornou
Procurado, o vereador não atendeu, nem retornou o contato da coluna. Coincidência ou não, o parlamentar também faltou a sessão ordinária da Câmara nesta terça-feira. No sistema online, o nome de Zé Luiz aparece como ausente por abonada. 

Em sigilo
Procurada, a direção legislativa da Câmara informou que os temas que são debatidos dentro da Comissão de Ética são sigilosos e, portanto, não cabe comentário. José Carlos Porsani também disse que não comentará o caso.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON