Aguarde...

Política

Vereadores fazem duas sessões e folgam na semana do Carnaval

Março Marinho, área para sede dos Bombeiros e mudanças em programa habitacional estão entre os projetos aprovados

| ACidadeON/Araraquara


Câmara Municipal de Araraquara (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
Com o feriado de Carnaval da próxima terça-feira (24) os vereadores de Araraquara anteciparam a sessão da semana que vem e fizeram jornada dupla nesta terça-feira (19). Entre os principais assuntos debatidos eles aprovaram a criação do "Março Marinho", a reserva de uma área próxima a Via Expressa para que seja construída a nova sede do Corpo de Bombeiros, mais uma alteração no programa de habitação social e a criação da Coordenadoria de Bem-Estar Animal. 

Um dos principais projetos em pauta foi o que propõe alteração na Lei Complementar que instituiu o Programa Habitacional Organização de Construção da Autogestão OCA. Segundo o texto aprovado pelos parlamentares, novos imóveis foram acrescentados a proposta original e depois da sanção do prefeito Edinho Silva poderão entregues para que famílias carentes possam construir. 

Um promessa antiga da administração, a criação da Coordenadoria Executiva de Bem-Estar Animal agora está prevista em lei. A proposta também foi aprovada na sessão de ontem ao alterar a Lei Complementar que estabelece o Código de Posturas do Município de Araraquara e institui a política municipal de proteção aos animais. 

O vereador Toninho do Mel (PT), sugeriu e o plenário aprovou ainda a lei que institui e inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Araraquara a campanha "Março Marinho". O objetivo da data é alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer colorretal. A secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, esteve na Câmara antes do início da votação, na Tribuna Popular e falou sobre a campanha Março Marinho e da importância da prevenção. 

Nova sede Corpo de Bombeiros
No final do ano passado os vereadores deram autorização para que a Prefeitura fizesse a alienação (venda) da sede atual do Corpo de Bombeiros, localizada no Jardim Primavera. O espaço é considerado ultrapassado pela corporação e o imóvel despertou interesse na Unimed que, por meio de concorrência pública adquiriu o espaço por quase R$ 3 milhões. 

O Corpo de Bombeiros terá 12 meses para ficar no espaço enquanto a Prefeitura faz a construção de uma nova sede. O local escolhido é um terreno que fica próximo da Via Expressa, quase em frente ao Jardim Tamoio, na principal entrada da cidade.
Ontem os vereadores aprovaram um projeto enviado pelo prefeito que altera uma legislação antiga e resguarda essa área para a construção do novo quartel. 

Abertura de créditos
A Câmara autorizou a Prefeitura a abrir os seguintes créditos adicionais especiais em seu orçamento:
R$ 3.999.916,00 para aquisição de equipamentos para a futura Unidade de Retaguarda às Urgências, no antigo Pronto-Socorro do Melhado. R$ 321.751,41 para recapeamento asfáltico em diversas vias do município.

Mais do ACidade ON