Aguarde...

Política

Lapena e Prado encaminham acordo visando disputa à Prefeitura

Reunião entre a dupla selou compromisso de Patriota e Podemos seguirem juntos em pré-candidatura ao 6º andar

| ACidadeON/Araraquara

Doutor Lapena e Coronel Prado devem caminhar juntos nas eleições 2020 (Foto: Divulgação)
* ATUALIZADA ÀS 16H19 de 28/06 

A pré-candidatura de Luis Claudio Lapena Barreto, o Doutor Lapena (Patriota), começa a ganhar forma. É que o postulante a Prefeitura de Araraquara selou acordo com o Podemos, de Wagner Prado, o Coronel Prado, para a a disputa nas urnas este ano. Sem definição sobre o calendário eleitoral, eles não cravam a aliança, porém, ela é dada como certa e depende apenas de aval nas convenções partidárias. 

O "namoro" entre Doutor Lapena e Coronel Prado é antigo, desde a época em que o militar possuía acordo com o PSL para que disputasse as eleições pela ex-legenda do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). De lá para cá, o cenário político mudou, porém, Prado e Lapena seguiram próximos até a filiação do militar na reserva ao Podemos. 

"Estamos conversando sobre essa parceria há um ano e meio com o Podemos. E o Prado estava no PSL e já se cogitava essa possibilidade de fazer uma dobrada para as eleições e estamos conversando, afinando o discurso e é bem provável que isso se firme. Até as convenções tudo é possibilidade, pois com essa indefinição de quando vão ser as eleições, as convenções e os registros das chapas, ainda não sabemos se será em agosto ou no final de setembro. Mas, tudo caminha para que seja dessa maneira", explica Doutor Lapena. 

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Congresso Nacional discute a possibilidade de adiar as eleições de outubro para o mês de novembro. O tema passou por discussão no Senado, onde recebeu indicativo de que o primeiro turno seja transferido do dia 4 de outubro para 15 de novembro. Apesar disso, o tema agora tramita na Câmara dos Deputados e não possui acordo. Neste cenário de incerteza, Lapena considera que quem possui mandato 'larga na frente' na corrida pela preferência do eleitor. 

"Essa é uma fase que em outras eleições estariam sendo feitas reuniões, conversas, busca por apoio, ajuda financeira e hoje está tudo parado. Existe uma movimentação política muito pequena, pois estamos com um processo muito grave, que é essa pandemia, então acredito que essa eleição será muito diferente. Pelo Senado seria 15 de novembro, mas pela Câmara manteria 4 de outubro, então é difícil você fazer um planejamento. Quem está buscando uma reeleição sai na frente, pois sempre saem e neste caso mais ainda", afirma Lapena.  

Questionado sobre o objetivo de sua pré-candidatura ao sexto andar, Lapena ressalta que, tanto ele, quanto Prado, possuem uma visão técnica da administração pública e que enxergam a Prefeitura como uma grande prestadora de serviços ao povo, porém, que está sob uma gestão que não agrada, nem dá respostas para problemas que afligem a população. Lapena critica o modelo político, quantidade de cargos comissionados e secretarias municipais,

"Gostaríamos que a Prefeitura prestasse serviços de qualidade e para isso precisa valorizar o servidor, mostrar que ele é importante, o coração da Prefeitura e sem ele não funciona. Valorizar o servidor e não comissionados. As vezes você vê pessoas que fazem parte de governos, não possuem a menor capacidade e estão lá apenas por indicação política e, as pessoas qualificadas, que prestaram concurso, precisam bater continência para essa pessoa, beijar a mão, ou seja, você desvaloriza o servidor. Acreditamos que tem muita secretaria, muita coisa alugada, um tipo de gestão que não nos agrada. Uma cidade esburacada, suja e vai ser igual em toda eleição, perto você tampa os buracos, corta as árvores, faz alguns investimentos e depois passa três anos sem fazer mais nada", defende. 

Lapena ressalta ainda que é preciso mudança na gestão para oferecer serviços de qualidade e resolver os problemas da cidade. "Araraquara não é uma cidade que tem problemas extremamente graves. Tem água, esgoto, ruas, foi planejada, muito elogiada, considera a mais limpa das três Américas, alto índice de IDH, uma das melhores cidade para se viver, porque não resgatar isso?", finaliza. 

Apesar do aceno para que Patriota e Podemos sigam juntos nas eleições deste ano, ainda é preciso aval das convenções municipais, que ainda não possuem data definida. Até lá, a tendência é que siga a procura por outros partidos que deem sustentação para a pré-candidatura e dobradinha entre Lapena e Prado. 

Ao ACidade ON, Coronel Prado ressalta que está a disposição do Podemos para ser pré-candidato a vice-prefeito junto com Doutor Lapena. Segundo ele, o objetivo dessa união é congregar as experiências de dois mandatos como vereador de seu pré-candidato a prefeito, com a bagagem que adquiriu em mais de 30 anos na Polícia Militar e um ano e meio atuando no Palácio do Governo, em São Paulo. 

"Nosso objetivo é juntar essas experiências para que se tenha uma gestão de excelência em nossa cidade. Temos referências de que Araraquara sempre se destacou no cenário nacional e internacional, mas infelizmente, no momento em que vivemos, graças a atual gestão e outras passadas, a cidade está numa situação ruim. É infraestrutura e zeladoria ruins. A população reclama das ruas esburacadas e percebemos que são feitos alguns recapes meses antes da eleição", defende. 

Ainda de acordo com Prado, a aliança encaminhada com Lapena propõe um trabalho sério, honesto e com excelência. "A ideia é fazer um trabalho sério, honesto e com excelência na gestão pública. Temos técnicos que estão nos auxiliando, pessoas muito boas, formadas, muito capacitadas e gabaritadas, que poderão como um time fazer com que tenhamos uma vitória na gestão, o que está carecendo, realmente. Estou a disposição do Podemos para ajudar a alavancar o Doutor Lapena nessa batalha, para que ao final possamos vencer essa guerra, para termos essa possibilidade e felicidade de estarmos no sexto andar da Prefeitura, gerindo os 230 mil habitantes da cidade, da melhor forma possível".

Mais do ACidade ON