Aguarde...

Política

Republicanos lança coronel Adalberto como pré-candidato

Convenção foi realizada neste sábado (12), na Oka Eventos; Marcelo Lopes é pré-candidato à vice

| ACidadeON/Araraquara

 

Coronel Adalberto é pré-candidato a prefeito pelo Republicanos (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)


O coronel Adalberto José Ferreira é o sétimo pré-candidado a prefeito confirmado em Araraquara. O ex-comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar de Araraquara, foi aprovado em convenção do Republicanos, na manhã deste sábado (12), na Oka Eventos.  

Será a primeira vez que coronel Adalberto concorre a um cargo, pois deixou a Polícia Militar em março deste ano, após 33 anos.  

Desde 2017 comandava o 13º Batalhão de Polícia Militar do Interior. O coronel de 53 anos tem mestrado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pelo Centro de Altos Estudos Superiores da Polícia Militar. 

O pré-candidato a vice-prefeito é o advogado Marcelo Lopes,, 59 anos, ele é atual presidente e um dos fundadores do do PRB Partido Republicano Brasileiro (atual Republicanos).  


ENTREVISTA  
Antes da convenção, coronel Adalberto respondeu a perguntas feitas pelo ACidade ON. Elas serão iguais para todos os candidatos, com objetivo de informar o leitor e eleitor. 

ACidade ON: O que levou o senhor a se candidatar?
Coronel Adalberto: Nós do meio militar encaramos tudo como missão, então vejo essa candidatura como uma missão. Desde que entrei na Polícia Militar eu trabalho com gestão, além do policiamento, eu fazia gestão com 700 pessoas no Batalhão, 200 viaturas, 19 municípios, então tenho uma prática muito grande com gestão de pessoas e serviço público. 

ACidade ON: Quais suas principais bandeiras de campanha?
Coronel Adalberto: Nós iremos trabalhar a segurança, a saúde e a educação que são os tripés do serviço público. No entanto, também temos que cuidar de zeladoria, do meio ambiente, cultura e lazer. Por exemplo, há anos o teatro municipal não está funcionando. Mas no ponto de segurança iremos melhorar a segurança e cuidar mais da Guarda Municipal, acredito que seja importante cuidarmos do guarda municipal e armarmos ele para dar melhor segurança à população.
Em relação a saúde diminuir aquelas filas principalmente para remédios de alto custo. Em relação aos exames de alta complexidade, temos que fazer algo nesse sentido, porque não é possível a pessoa ficar quatro meses esperando um medicamento pra poder ser atendido.
Com relação a infraestrutura, a manutenção do asfalto deve ser feita não só em época de campanha, mas em todos períodos, aliado ao cuidado com a iluminação pública e também a parte de zeladoria de praças onde a família deve usar a praça e não ser um reduto de marginais. A família deve ocupar a praça, é para o povo, as pessoas de bem, as pessoas não podem ficar acuadas ao usarem esses espaços públicos.
Também vamos incentivar mais os esportes, incentivar os jovens, pela experiência que tenho na polícia militar, o jovem ocioso acaba sendo vítima ou empregado do próprio tráfico, e o esporte é essencial, além da família e religião.
Já em relação aos funcionários públicos temos que valorizar mais o profissional para que ele preste um melhor serviço a comunidade, e uma forma é enxugar a máquina pública na questão de cargos comissionados. Por exemplo, muitos estão desprestigiados quando tem capacidade para exercer aquela função e muitas vezes trazemos outra pessoa com uma capacidade menor do que a dele.  

ACidade ON: Como governar Araraquara com a realidade de endividamento das prefeituras?
Coronel Adalberto: Nós temos que reavaliar a questão do endividamento que a prefeitura já tem e dar prioridade ao que é necessário para não endividar mais. Penso em parcerias com iniciativa privada e buscar recursos no governo estadual e governo federal. Hoje vejo a prefeitura numa situação de ilha no cenário nacional.

Mais do ACidade ON