Aguarde...

Política

Câmara de Araraquara 'custou' R$ 68,55 por habitante em 2020

Levantamento feito pelo Tribunal de Contas mostra valores gastos pelos legislativos municipals

| ACidadeON/Araraquara

Levantamento é feito pelo Tribunal de Contas do Estado sobre gastos nas Câmaras Municipais
 

Um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE/SP) aponta que a Câmara de Araraquara teve 'custo' de R$ 68,55 por habitante no ano passado. 

Os dados são apresentados pelo órgão de contas no Mapa das Câmaras Municipais, com número de vereadores e gasto total com pessoal e custeio, indicando o gasto per capita. 

Em 2020, de acordo com o TCE, a Câmara de Araraquara teve despesa líquida com pessoal e custeio de R$ 16,3 milhões para uma população de 238.339 habitantes e 18 vereadores.  

A cidade de Borá lidera o ranking das cidades que possuem maior custo em relação à população e figura entre as dez cidades que gastaram mais do que a capacidade de arrecadar.

Com apenas 838 habitantes, o Legislativo consumiu R$ 720 mil no ano de 2020, frente a uma arrecadação própria de R$ 532,5 mil. O custo da Casa Legislativa para cada cidadão é de R$ 859,19.

Quando o assunto é o gasto total de todas as Câmaras Municipais paulistas, o valor chegou a quase R$ 3 bilhões dos cofres públicos. Isso, em cenário de pandemia mundial pela covid-19. 

O objetivo do painel Mapa das Câmaras é tornar públicos recursos utilizados pelas Casas Legislativas paulistas. A iniciativa ocorre desde o ano de 2019. 

No ano passado, de acordo com o site da Câmara, foram apresentadas pelos vereadores 47 leis de autoria dos vereadores e encaminhadas 3.671 indicações à Prefeitura.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON