Aguarde...

Política

Venda do CT do Pinheirinho é aprovada na Câmara de Araraquara

Autorização para alienação do imóvel foi votada, nesta terça-feira (08); votação foi 14 a 3

| ACidadeON/Araraquara

Venda foi autorizada durante sessão da Câmara, nesta terça-feira (08) (Foto: Reprodução)
 

Vereadores de Araraquara autorizaram, nesta terça-feira (08), a venda do Centro de Treinamento (CT) do Pinheirinho. O projeto teve 14 votos favoráveis e três contrários. 

A área alienada - anexa ao parque e desmembrada - possui 138,2 mil metros quadrados, cinco campos de futebol, banheiros, vestiários e está avaliada em R$ 15,3 milhões. 

A principal interessada na compra é a Ferroviária, que pretende instalar um CT moderno para os atletas que defendem as categorias de formação e futebol profissional.   

LEIA TAMBÉM 

Prédio dos cursinhos populares recebe nome de Matheus Santos

Na justificativa do PL, a administração municipal afirma que os recursos recebidos pela venda do imóvel devem possibilitar melhorias em sua infraestrutura esportiva na cidade. 

Antes mesmo da votação na Câmara, o projeto rendeu discussões nos bastidores e diferentes emendas foram apresentadas. Um segundo PL foi protocolado para absorver as sugestões.  

DISCUSSÃO DA PROPOSTA
O tema foi apresentado pelo líder do Governo, Paulo Landim (PT), que apenas leu a justificativa e comentou que houve uma construção para aprovação da medida. 

Na sequência, o líder do G6, Rafael de Angeli (PSDB), disse não ser contra, mas considerou a aprovação precipitada e pediu mais tempo para discussão dos vereadores. 

O parlamentar também questionou como foi feita a avaliação, há quanto tempo a venda está sendo planejada, porque foram feitas melhorias e se terá mudança estética no parque. 

De Angeli apresentou um pedido de adiamento da discussão pelo período de dez dias e recomendou que fosse convocada uma audiência pública. 

Apesar do esforço, o pedido de vistas foi rejeitado, em votação nominal, por 10 a sete. Votaram pelo adiamento: Marchese da Rádio (Patriota), João Clemente (PSDB), Lineu WL (Podemos), Carlão do Joia (Patriota), Luna Meyer (PDT), Marcos Garrido (Patriota) e Rafael de Angeli (PSDB). 

Após a rejeição do adiamento, o presidente da Câmara, Aluísio Braz, o Boi (MDB), abriu a votação da proposta, que teve três votos contrários: de Rafael, Lineu WL e Marchese. 

Agora, a iniciativa será encaminhada para sanção do prefeito Edinho Silva (PT) e sequência do trâmite, que prevê a abertura de licitação no modelo concorrência pública.  

Centro de Treinamento do Pinheirinho foi desmembrado em maio deste ano e será vendido (Foto: Divulgação)

COMPLEMENTO
Os vereadores aprovaram uma segunda proposta de autoria da Prefeitura relacionada à venda do Centro de Treinamento do Pinheirinho. Essa medida foi incluída nesta terça-feira. 

A iniciativa foi construída nos bastidores, após sugestões apresentadas através de emendas pelos vereadores. Elas foram absorvidas pela administração municipal e viraram outro PL. 

Em um dos pontos fica previsto que não menos que 30% dos recursos recebidos pela venda do CT do Pinheirinho serão investidos na reforma e ampliação de três campos de futebol. 

As áreas definidas em projeto são: campo doutor Luiz Bento Palamone, conhecido como Dente de Leite e ACO; estádio Cândido de Barros, o Botânico e a Associação Atlética Ferroviária. 

Essa proposta foi sugerida pelos vereadores Edson Hel, Aluísio Braz, Marcos Garrido, Lucas Grecco, Guilherme Bianco, Paulo Landim e Emanoel Sponton. 

Já o segundo ponto tratado no projeto de lei é a destinação de não menos do que 20% dos recursos para reforma e estruturação da Casa da Cultura "Luís Antônio Martinez Correa". 

Essa medida foi sugerida pelos vereadores Aluísio Boi, Emanoel Sponton, Guilherme Bianco, João Clemente, Luna Meyer, Thainara Faria, Filipa Brunelli, Paulo Landim, Fabi Virgílio, Edson Hel, Marcos Garrido, Rafael de Angeli, Gerson da Farmácia, Hugo Adorno e Lucas Grecco. 

O projeto de lei foi aprovado por unanimidade entre os vereadores.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON