Publicidade

politica

Vereador propõe dar honraria póstuma ao ex-prefeito De Santi

Marcos Garrido (Patriota) protocolou iniciativa, nesta segunda-feira (13), na Casa de Leis

| ACidadeON/Araraquara -

Waldemar de Santi (Foto: Reprodução)
Waldemar de Santi foi vereador e prefeito de Araraquara nas décadas entre 1970 e 1990 (Foto: Reprodução)
 

O vereador Marcos Garrido (Patriota) sugeriu, nesta segunda-feira (13), a entrega do diploma de Honra ao Mérito póstuma ao ex-prefeito de Araraquara, Waldemar De Santi. 

Segundo o autor da iniciativa, De Santi é o político que passou o maior período como chefe do Executivo - ao todo foram 14 anos. Ele pode ser ultrapassado apenas por Edinho Silva (PT), que se terminar o mandato alcança 16 anos. 

Além disso, Garrido defendeu que o ex-prefeito possuiu carisma e despertou carinho nas pessoas. "É uma pessoa querida, prefeito carismático e que fez muito pela cidade", justificou. 

"Não tive oportunidade de homenagear em vida, mas pode ser póstuma. Tenho certeza que ele e Edinho Silva são as pessoas mais populares da cidade e merecem a honraria", completou. 

O documento foi protocolado na Casa de Leis e acabou sendo subscrito por todos os vereadores - além do autor, 17 vereadores subscrevem o pedido para entrega do diploma. 

QUEM FOI WALDEMAR DE SANTI
Waldemar De Santi exerceu cinco mandatos como vereador e três como prefeito de Araraquara. Na Câmara Municipal atuou durante 21 anos e um mês. 

Já como prefeito atuou por 14 anos, entre as décadas de 1970, 1980 e 1990, sendo até aqui o político por mais tempo a exercer o cargo de chefe do Executivo - seguido por Edinho. 

Entre as principais marcas do político está à construção do Terminal Rodoviário, o pronto-socorro Central - atual NGA3 -, e a reformulação das praças Santa Cruz e Pedro de Toledo.

Mais notícias


Publicidade