Publicidade

politica

Araraquara pode proibir trânsito de veículos em ruas do Centro

Estudo vem sendo feito por universidade e deve compor o Plano de Mobilidade Urbana

| ACidadeON/Araraquara -

Rua Nove de Julho pode ter retirada de veículos no futuro em Araraquara  (Foto: Amanda Rocha)
 

 

Araraquara pode proibir o trânsito de veículos nas Ruas Nove de Julho (Rua 2), Voluntários da Pátria (Rua 5) e Avenida 7 de Setembro, no Centro. O estudo vem sendo feito pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e deve integrar o Plano de Mobilidade Urbana. 


Pela proposta apresentada em audiência pública na sexta-feira (20), a Rua 2, entre a Avenida Brasil e José Bonifácio, não teria circulação de veículos, na 1ª fase, ficando somente o transporte público coletivo. Em uma 2ª fase, a ideia seria permitir apenas pedestres e ciclistas. 


Durante o encontro na Câmara Municipal, a doutora em Urbanismo, Luciana Gonçalves, explicou os pontos do Plano de Mobilidade Urbana e reforçou que eles ainda precisam de maior debate com a população, em especial com o comércio das ruas apontadas no estudo. 


"Por isso estamos colocando aqui como uma fase a ser discutida, mas ter um shopping a céu aberto é uma grande propaganda, pois as pessoas podem se sentar tranquilas, andar e conversar", apontou. 


"A experiência dos bancos foi positiva na Nove de Julho e detectamos na avaliação que tudo o que tem lá se pudesse ser incrementado seria muito melhor. Aos poucos temos que tirar [veículos] e essa segunda fase dos ônibus, conseguimos fazer até antes", completou.  

Comércio na quarentena no centro comercial do Carmo (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)
Plano de Mobilidade pretende privilegiar acesso de pedestres e ciclistas na 7 de Setembro (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)


Já a Rua 5, onde hoje existe o Boulevard dos Oitis, o objetivo é retirar o acesso de carros, exceto aos imóveis de moradia e carga e descarga. Essa regra seria válida entre a Avenida 7 de Setembro e a Avenida José Bonifácio, no Centro da cidade. 


"O Boulevard dos Oitis tem tudo para ser um grande calçadão, pois tem piso diferenciado, tem árvores e sombras, só tem ainda muito trânsito por ali, apesar de muitos carros optarem por não passarem por lá", afirmou a pesquisadora. 


As intervenções são menos radicais na Avenida 7 de Setembro, conhecido atualmente como Centro Comercial do Carmo. A proposta prevê manter a passagem do transporte público coletivo, veículos particulares, ciclistas em ciclorrota e pedestres. 


"Detectamos que parte dela tem acessibilidade e vale a pena prorrogar esse projeto urbanístico de calçamento, ali temos uma importância da linha de ônibus então acreditamos que deve ser mantida, mas tirar o carro, pois tem outros acessos", afirmou. 

O Plano de Mobilidade Urbana, discutido em diferentes audiências públicas e formulado pela UFSCar contém propostas para os próximos 10 anos, ou seja, até 2032.  

Os relatórios sobre o Plano de Mobilidade Urbana de Araraquara estão disponíveis no site da Controladoria de Transporte de Araraquara (CTA) e, em breve, estarão disponíveis também no portal da Prefeitura.  

Interessados terão cerca de 30 dias para tirar dúvidas e enviar sugestões pelo WhatsApp (16) 99761-3121.

Publicidade