Publicidade

politica

Qualidade do transporte de Araraquara é tema de audiência pública

Após representação, Ministério Público decidiu ouvir a população que utiliza os coletivos

| ACidadeON/Araraquara -

 

Em Araraquara, o serviço do transporte coletivo é prestado por consórcio de duas empresas  (Foto: Amanda Rocha/ acidade on)

A qualidade do transporte coletivo e o valor cobrado pela tarifa são temas de uma audiência pública realizada pelo Ministério Público do Estado, nesta segunda-feira (13), em Araraquara. 

A audiência foi chamada pelo MP, após o órgão receber uma representação questionando o aumento abusivo da tarifa, que hoje é de R$5. 

"O objetivo é obter dados, informações técnicas e o sentimento da população em relação ao serviço, que é essencial e deve ser prestado de forma adequada. Esta adequação diz respeito à confiabilidade, segurança, conforto, linhas, tempos e atrasos", explicou o promotor de Justiça, Herivelto de Almeida ao portal acidade on. 

LEIA MAIS   
MP quer ouvir a população de Araraquara sobre transporte coletivo
  
Com base nas informações apresentadas nesta audiência, o MP pode adotar três caminhos. O primeiro é expedir recomendações para eventuais melhorias. 

A segunda providência seria um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para melhorar a qualidade do serviço prestado dentro de um determinado tempo e sujeito à multa em caso de descumprimento. 

A última hipótese seria o ingresso de uma Ação Civil Pública para que a qualidade do serviço seja adequada à tarifa cobrada.  

Promotor de Justiça Herivelto de Almeida fala sobre audiência pública (Foto: Milton Filho/ acidade on)

"Não é possível antecipar se a prestação do serviço está em conformidade exata com o valor cobrado. A empresa informa que por conta de gastos, como aumento de óleo, dissídio coletivo e outros encargos, a tarifa teria que ser até maior. Por outro lado, o poder público entrou em acordo com o consórcio para trazer uma tarifa menor", explicou. 

"Então, estamos neste impasse entre o aumento pedido pelo consórcio e a necessidade do poder público de levar a população uma tarifa menor", completou.  

COMO PARTICIPAR

A audiência pública será realizada no próximo dia 13, às 17h, no auditório do Ministério Público do Estado, que fica na Rua dos Libaneses, 2067, no bairro do Carmo, em Araraquara. 

Informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 9-9261-7071 e e-mail pjararaquara@mpsp.mp.br. 
 
LEIA TAMBÉM  

Sindicato pede suspensão da lei de vereador de Araraquara   
Homem é preso por tentativa de roubo em Américo Brasiliense



Publicidade