Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Eleições

Defesa da família, segurança e educação são compromissos de Rodrigues Bombeiro

Em entrevista ao ACidadeON, candidato a deputado federal pelo Patriotas, falou ainda sobre melhoria na saúde pública e como reverter o desemprego na região.

| ACidadeON/Araraquara

Rodrigues Bombeiro é candidato a deputado federal pelo Patriotas.

Candidato a deputado federal pelo Partido Patriotas, Rodrigues Bombeiro é o terceiro postulante à Câmara Federal que apresenta ao eleitor suas propostas. A sabatina publicada nesta quinta-feira (13) faz uma análise, sobre o ponto de vista do candidato, da conjuntura política e apresenta soluções para as questões que afligem o eleitor de nossa cidade e região.  

O objetivo do ACidadeON é contribuir para que o eleitor tome a melhor decisão na hora do voto, apresentando aos leitores o que pensa cada um dos 22 postulantes com domicílio eleitoral na Morada do Sol sobre as diferentes questões levantadas nestas eleições. É possível ter acesso a todo o material publicado e entrevistas em nosso hotsite de eleições. Confira a entrevista com Rodrigues Bombeiro:

ACidadeON: Em sua avaliação, o que faz um deputado? Explique o que motivou sua participação nas eleições 2018.  

Rodrigues Bombeiro: É o representante do povo para legislar e principalmente fiscalizar a ação do Poder executivo, é dele também a importante tarefa de aprovar ou não as medidas provisórias do governo, deve ficar atento para não reprovar um ato do governo simplesmente por ser deste ou daquele partido, para mim, Ten. Rodrigues, não deverá existir este tipo de confrontos partidários, mas sim estar a favor de quem mais interessa, o povo Brasileiro.
O que mais me motivou minha participação é fazer parte da população que não suporta mais tantos bandidos na política, tanta corrupção e sempre serem os mesmos a permanecer neste caótico mundo político, precisamos mudar, gente nova, com caráter, de família e respeitar nosso povo, nosso país. Chega de ladrões na política nacional.  

ACidadeON: Em meio à crise moral e política que vive o País, bem como a descrença dos eleitores no poder de transformação da política, como pretende se diferenciar em meio as opções que se apresentam?  

Rodrigues Bombeiro: Tenho consciência que não é fácil, como disse acima, não suportamos mais essa corrupção escancarada e desonrosa, e é exatamente por este motivo que por mais descente que seja o candidato, as pessoas ainda assim não acreditam que quer fazer a diferença, eu quero e vou fazer a diferença. Para isso devo mostrar quem sou ao menos antes de ser eleito, moro em Araraquara, sou Bombeiro da Polícia Militar, sou pai de família e estou dando a cara, expondo minha família que mais amo, mereço ter essa chance de ajudar a mudar o conceito de político em nosso Brasil. No Brasil não temos Políticos Ladrões, mas sim ladrões que se tornam Políticos, já entram com o interesse de roubar.  

ACidadeON: O deputado é eleito para representar todo o estado de São Paulo. Porém, muitos priorizam uma região ou área para seu mandato. Qual será a sua?  

Rodrigues Bombeiro: Não poderia deixar de representar minha cidade e região, em Araraquara moro desde os meus 4 anos de idade. Mas acredito que o deputado Federal deve priorizar as cidades onde o foco das necessidades como saúde, segurança e educação são maiores.  

ACidadeON: Caso eleito, como pode contribuir para solucionar questões que afligem o povo de Araraquara, como por exemplo, a falta de recursos para a saúde, o problema de aprendizado dos estudantes e valorização dos profissionais da educação, a falta de recursos para infraestrutura e o desemprego?  

Rodrigues Bombeiro: na Saúde eu quero trazer de volta o projeto médico em casa e dentista nas escolas, o sistema de saúde deverá médicos em casa onde praticamente todos poderão consultar, ter os medicamentos necessários distribuídos de forma correta, indo na fonte do problema, já tivemos algo assim no passado e funcionou. As escolas tinham dentistas, nós já selaríamos dois problemas, muitos médicos não querem atender pelo SUS, ótimo, temos faculdade de medicina em Araraquara e região, estes residentes fariam esse papel de forma salutar. Quanto ao sistema de aprendizado, precisa mudar radicalmente, escola quase não tem sido mais um ambiente de educação; alunos uniformizados; uso de celulares deve ser proibido em sala de aula; em conversa com professores há poucos dias, foi me dito que alunos não tem interesse, então fazem que ensinam, essa foi a pior resposta que já ouvi de um mestre, caso fosse; escola foi feita para ensinar da língua portuguesa a história; misturam muito e dão muita liberdade ao aluno onde o professor perde sua autonomia. Por isso o professor mais bem remunerado pode ter mais responsabilidade, também sou professor, não leciono mas sei exatamente o que precisa ser feito para mudar, período integral, como no sistema "S", meio período aprendizado normal, meio período profissionalizante, daremos um norte aos alunos e menos crianças nas ruas. Quanto a falta de recursos para infraestruturas nem sempre são reais, mas sim a má forma em que são aplicadas, a maldita corrupção que começa na compra de um prego em diante. O estado de São Paulo é um país dentro de outro país, tem condições suficientes de se auto sustentar, mas aí fica a pergunta, tem fiscalização? Pode ter certeza que isso eu farei em meu estado, através de assessorias o Deputado Federal pode contar com parte dessa fiscalização com certeza, basta ter vontade política. Quanto ao desemprego o nosso Governo Federal é o maior culpado e isso pode ser resolvido, por exemplo: uma empresa para ter 100 funcionários ela paga "X" de impostos se ela contratar mais 10 funcionários, deverá pagar "X +Y", tornando muitas vezes inviável o crescimento da empresa e portanto acabando em dispensar em vez de contratar, nossa proposta é, se este empresário tem 100 funcionários e ele contratar mais 10, deverá diminuir um percentual por cada contratação, chegando a um número de 150 funcionários pelos mesmos impostos. Se o governo diminui impostos, o Brasil caminha.

ACidadeON: Cada deputado federal custa R$ 2 milhões ao ano para o contribuinte. São R$ 33.763 de salários e cada um pode contratar até 25 funcionários para seus gabinetes com custo de até R$ 106.866,59. Na sua avaliação, o Congresso custa mais do que produz? Abriria mão de algum benefício ou mimo se eleito?  

Rodrigues Bombeiro: Não poderia dizer diferente daquilo que sempre defendi, acho absurdo os gastos abusivos sim, com o que eu ganho hoje aposentado pelo estado, eu pago minhas contas e não recebo nada mais para os custeios de algo que queira desfrutar, porque um Deputado necessita de tantos benefícios enquanto um pai de família morre em fila de hospitais sem nenhum recurso. Isso Precisa Mudar. E eu acho que sim, o congresso custa mais que produz, se os parlamentares fossem no mínimo metade dos que lá estão, o Brasil ganharia muito com isso.  

ACidadeON: De forma resumida, cite ao menos três coisas que defenderá na Câmara Federal.  

Rodrigues Bombeiro: Família é o bem maior;
Segurança quando vai bem, o resto também vai, e
Educação, é o alicerça de toda formação.  

 

BRAZ RODRIGUES
Nome da urna: Rodrigues Bombeiro 
Partido: Patriotas 
Número: 5167 
Idade: 51 anos
Profissão: Aposentado  
Carreira: É a primeira vez que disputa o cargo de deputado federal. Porém, em 2016, concorreu para o cargo de vereador pelo PPS e obteve 331 votos.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também