Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Eleições

Se dependesse de Araraquara, Bolsonaro seria eleito no 1º turno

Candidato do PSL teve 51% dos votos válidos no município; Haddad ficou em segundo lugar com 16%

| ACidadeON/Araraquara

Jair Bolsonaro foi o candidato mais votado em Araraquara
Se dependesse apenas dos eleitores de Araraquara, Jair Bolsonaro (PSL) teria sido eleito no primeiro turno das eleições que aconteceram no último (07).  Na cidade, o candidato à presidência da república obteve 51,5% dos votos válidos, tendo recebido 58.448 votos. 

O candidato Fernando Haddad (PT) foi o preferido de 16,7% dos eleitores com 18.967 dos votos válidos. Já o candidato Ciro Gomes (PDT) foi o terceiro colocado, com 15,8% dos votos, equivalente a 17,9 mil apoiadores.  

Assim como em todo País, a candidatura do tucano Geraldo Alckmin (PSDB) ficou distante dos primeiros colocados. Com 6,2% do eleitorado e 7.048 votos computados na Morada do Sol.  

Cenário
Jair Bolsonaro foi o mais votado nacionalmente, com 46,3% dos votos válidos. Fernando Haddad conquistou 29,2% dos eleitores. Ambos estão no segundo torno das eleições, que está marcado para o próximo dia 28 de outubro.  

Para ser eleito no primeiro turno, Bolsonaro precisaria ter mais da metade dos votos válidos (que excluem os votos brancos, nulos e as abstenções).  

Apoio em Araraquara
O resultado mostra que mesmo sendo governada pelo prefeito Edinho Silva (PT), em Araraquara, a campanha de Fernando Haddad não decolou.  Pelo contrário, as manifestações recentes indicavam o grande apoio à Bolsonaro por parte dos eleitores locais. 

Para efeito de comparação, em 2014, no primeiro turno, Aécio Neves (PSDB) teve 40% dos votos válidos e somou pouco mais de 45 mil apoiadores em Araraquara. Dilma (PT) ficou em segundo lugar com 32,4 mil votos e 28% do total. Percentual bem parecido com o de Marina Silva que teve apoio de 28,4 mil eleitores e 25% da preferência do eleitorado araraquarense naquela oportunidade.  
 


Veja também