Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Tiago Pires é confirmado pré-candidato a prefeito pelo PCO

Bancário é o nono nome confirmado em Araraquara; vice será o correligionário Jurandyr Lacerda

| ACidadeON/Araraquara

Tiago Pires é pré-candidato a prefeito pelo PCO (Foto: Walter Strozzi/ACidade ON)
 

Araraquara tem o nono pré-candidato a prefeito para as eleições 2020. Trata-se do bancário Tiago Pires (PCO), de 35 anos, que teve seu nome confirmado em convenção partidária online. Seu correligionário, Jurandyr Lacerda (PCO) será seu pré-candidato a vice-prefeito.  

Pires possui licenciatura em Química pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), é bancário da Caixa Econômica Federal, além de militante do Comitê de Luta contra o Golpe e contra o Fascismo "Fora Bolsonaro e Lula Presidente", da corrente sindical "Bancários em luta" e do coletivo de negros do PCO "João Cândido".   

LEIA TAMBÉM 

Araraquara terá número recorde de prefeituráveis; veja lista

Além das pré-candidaturas a prefeito e vice-prefeito, o PCO também aprovou dois nomes para disputar vagas na Câmara: Dimitri Guandalin e Flávia Prates. Com o aval em convenção, os postulantes tem até o dia 26 de setembro para ter o registro de suas candidaturas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A campanha eleitoral começa no dia 27 de setembro.  

ENTREVISTA
Com objetivo de informar o internauta, o ACidade ON fez três perguntas ao prefeiturável Tiago Pires (PCO). Os questionamentos são os mesmos feitos aos demais pré-candidatos.  

1 - O que levou o senhor a se candidatar?
Tiago Pires: A candidatura do PCO é uma expressão da luta contra o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, expressa também um crescimento do partido, pois ele estará em mais de 100 cidades e vamos buscar fazer com que essa campanha seja um instrumento para impulsionar a mobilização revolucionária das massas. Neste momento onde a gente vê o desenvolvimento do fascismo, que é a sequência do golpe, nós vemos como urgente uma candidatura do Partido da Causa Operária, que é expressão dessa luta contra o fascismo e o golpe de Estado no País. Também é importante ressaltar que todos os pré-candidatos foram forjados na luta contra o impeachment de Dilma e pelo Fora Bolsonaro.  

2 - Quais serão suas principais bandeiras?
A candidatura do PCO tem por objetivo intervir na luta política em prol dos trabalhadores, com uma política independente, da causa operária, conforme as resoluções da 30ª conferência nacional do Partido da Causa Operária, está disponível no YouTube na Causa Operária TV e neste sentido a gente vai fazer uma tribuna pelo Fora Bolsonaro e uma unidade da esquerda em torno do ex-presidente Lula em 2022.  

3 - Como governar Araraquara com a realidade de endividamento dos municípios?
A cidade de Araraquara está inserida no contexto do declínio econômico e a falência generalizada dos municípios. A crise capitalista mundial que se aprofundou com o coronavírus é o elemento chave dessa situação política e o PCO compreende que é preciso avançar na organização dos trabalhadores, formar os comitês de luta, formar os conselhos populares nos bairros de maneira a fazer com que a consciência de classe se desenvolva na luta prática, ou seja, seria necessário que toda a população e setores que são esmagados por essa política golpista se integrassem, primeiro para derrubar o governo Bolsonaro e depois construir um governo dos trabalhadores.

Mais do ACidade ON