Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Confira as propostas dos candidatos à Prefeitura para Saúde

ACidade ON publica, a partir desta terça (13), o que pensam os prefeituráveis de Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

Candidatos relatam propostas para a área da Saúde de Araraquara (Foto: Amanda Rocha)
 

O ACidade ON começa nesta terça-feira (13) uma série de publicações com propostas dos candidatos à prefeito em Araraquara.  

As perguntas foram enviadas na última semana, com prazo e limitação de espaço para as respostas de cada candidato. 

O primeiro tema a ser abordado é Saúde em Araraquara, com as principais propostas dos prefeituráveis sobre o tema. 

Dos nove postulantes à Prefeitura, apenas Fernando Fraga (PTB) não respondeu dentro do prazo e, portanto, está fora da publicação. 

Confira na íntegra o que cada um respondeu, por ordem alfabética:   

Célio Peliciari (PSOL) é candidato a prefeito de Araraquara ( Foto: Amanda Rocha)

CÉLIO PELICIARI (PSOL)
Temos um plano completo para a saúde de Araraquara, entretanto podemos elencar três principais propostas: 1) priorizar a saúde da família, que é preventiva, e para isso devemos ao menos viabilizar 21 novas equipes de saúde da família. 2) entendemos que é necessário garantir as cirurgias eletivas e para isso vamos ampliar o número de leitos e profissionais. 3) vamos garantir que todo postinho tenha uma farmácia popular e que não falte os remédios básicos para nosso povo.   

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR CÉLIO NO TSE  


Coronel Adalberto é candidato a prefeito pelos Republicanos (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

CORONEL ADALBERTO (REPUBLICANOS)
Implantar os programas "Corujão do SUS" e "Mutirão das Especialidades";
Priorizar a promoção da saúde e prevenção;
Criar o "Rede Cuidar";
Ampliar o Centro de Referência do Idoso;
Descentralizar a distribuição dos remédios de alto custo;
Criação do Serviço de Transporte Interno em Saúde;
Criação de programa valorização do Profissional da Saúde;
Criação de um canal de teleatendimento em Saúde;
Disponibilizar a Relação Municipal de Medicamentos em meio digital.   

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR ADALBERTO NO TSE  


Doutor Lapena é candidato a prefeito pelo Patriota (Foto: Amanda Rocha)

DOUTOR LAPENA (PATRIOTA)
Criação de um Hospital Municipal de Baixa Complexidade, Pronto Socorro e/ou Hospital Veterinário Municipal. Iremos revitalizar e equipar as UBSs existentes e não deixaremos faltar material nas unidades. Teremos também o Programa Saúde da Família. Iremos valorizar os servidores em geral. Precisamos da aquisição de mais equipamentos para facilitar os atendimentos e também promover mudanças na estrutura da frota de ambulâncias e transporte. Chega da falta de medicamentos nas unidades básicas de saúde. Teremos também o Caminhão da Saúde.   

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR LAPENA NO TSE


Edinho Silva é candidato a reeleição em Araraquara, pelo PT (Foto: Amanda Rocha)

EDINHO SILVA (PT)
Em 2017, encontramos um quadro de desorganização na Saúde. Reabastecemos os postos com medicamentos e reorganizamos as UPAs. Construímos 3 novas unidades básicas, o Centro do Autismo e vamos entregar o Pronto-Socorro do Melhado. Implantamos o programa de entrega de medicamento em casa e o Saúde Cidadã, para reduzir filas de exames e cirurgias. Zeramos a fila da mamografia. Vamos aprimorar o acolhimento, inserir telemedicina e expandir o Saúde em Casa, com entrega de medicamento e visita domiciliar.    

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR EDINHO NO TSE   


Padre Fernando Fraga (PTB) é candidato a prefeito de Araraquara (Foto: Amanda Rocha)
 

FERNANDO FRAGA (PTB)
Candidato não enviou as respostas dentro do prazo estipulado e, portanto, ficou fora da publicação. 

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR FERNANDO FRAGA NO TSE 


Nino Mengatti é candidato a prefeito pelo PSB


NINO MENGATTI (PSB)
Nesse ano, praticamente toda a atenção da pasta da Saúde ficou voltada para a Covid-19, por isso muitas cirurgias eletivas foram deixadas de lado. Tendo isso como base, uma das propostas é realizar mutirões de cirurgias eletivas. E também, segundo Nino, em seu governo irá informatizar o sistema de saúde, facilitando o acesso as informações da saúde de cada um e possibilitando o agendamento online de consultas; fortalecer a Gota de Leite; levar o padrão Gota de Leite para todas unidades de saúde; retomar o dia D de combate à Dengue e ainda buscar recursos para manutenção e não fechamento da FURP.    

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR NINO NO TSE 


Professor Coca Ferraz é candidato a prefeito em Araraquara (Foto: Fernanda Manécolo)

PROFESSOR COCA FERRAZ (PSL)
Reestruturação e reorganização do sistema de Saúde após estudo detalhado.
Aperfeiçoar a gestão do sistema, corrigindo os problemas e distorções existentes.
Reduzir as filas para consultas, exames e cirurgias eletivas.
Respeitar, valorizar e proporcionar cursos e treinamento para os funcionários e melhorar suas condições de trabalho.
Humanizar o tratamento dos pacientes com doenças graves.
Reduzir a taxa de mortalidade infantil para no máximo de 5,5 mortes por mil nascidos vivos.
Reduzir a taxa de incidência da dengue para no máximo de 5 casos por 10 mil habitantes.  

 CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR COCA FERRAZ NO TSE 


Rodrigo Ribeiro (PRTB) é candidato a prefeito de Araraquara (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

RODRIGO RIBEIRO (PRTB)
Informatização e integração do sistema de saúde municipal prevenção de doenças
Politicas de prevenção ao aborto
Otimização da distribuição de medicamentos
Atendimento domiciliar
Parcerias para exames de alta complexidade
Saúde do idoso
Reforma do hospital psiquiátrico
Posto de saúde infanto-juvenil
Qualidade de vida para o deficiente
Qualidade de vida para o cuidador parental  

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR RODRIGO RIBEIRO NO TSE 


Tiago Pires (PCO) é candidato a prefeito de Araraquara (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

TIAGO PIRES (PCO)
O teto dos gastos públicos é uma das políticas responsáveis pelo genocídio provocado pelo coronavírus no país, consideramos sua revogação essencial para realizar investimentos necessários no sistema de saúde. Defendemos a estatização total da saúde (hospitais, laboratórios e indústrias) sob controle dos trabalhadores. No entanto, as eleições não resolverão o problema. A única saída para o povo é a mobilização pelo fim do golpe de 2016, pelo Fora Bolsonaro e pelo direito de eleger Lula em 2022. 

CLIQUE E CONHEÇA O PLANO PROTOCOLADO POR TIAGO PIRES NO TSE


Mais do ACidade ON