Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Polícia Federal de Araraquara testa drones para as eleições

Equipamento deve inibir a prática de crimes como a compra de votos ou a realização de boca de urna

| ACidadeON/Araraquara

Policiais federais testaram os equipamentos em Araraquara nesta terça-feira (27) Foto: Paulo Chiari/EPTV
A Polícia Federal de Araraquara testou nesta terça-feira (27) os drones que serão utilizados para prevenir e repreender crimes eleitorais, durante as eleições de 2020, que ocorre no dia 15 de novembro.  

Os equipamentos possuem câmeras com tecnologia suficiente para identificar qualquer tipo de atitude suspeita e até placas de veículos. As imagens são transmitidas à equipe de monitoramento da PF, que irá tomar as providências necessárias. 

Segundo o delegado da PF, Marcellus Henrique de Araújo, se a prática de crimes como a compra de votos ou a realização de boca de urna for confirmada, a pessoa será encaminhada para a sede da Polícia Federal de Araraquara - ou para a Polícia Civil, caso o crime seja registrado em cidades da nossa região. 

"A pessoa que vai fazer a boca de urna, que vai comprar o voto, ela passa, joga o santinho na rua, entrega a propaganda e já sai daquele local para evitar a sua vinculação. O drone vai permitir confrontar a pessoa que foi flagrada nessas situações e comprovar que realmente houve o encontro, que se aproximaram", explica o delegado.  

No país, mais de cem aeronaves desse tipo serão utilizadas. Em Araraquara, a quantidade e o planejamento dos pontos estratégicos ainda estão sendo analisados.

Mais do ACidade ON