Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

OAB convoca candidatos de Araraquara para compromisso com a ética

Subseção oferece termo para os nove nomes que disputam à Prefeitura; a ideia é moralizar a disputa

| ACidadeON/Araraquara

Nove candidatos disputam à Prefeitura de Araraquara (Fotos: Amanda Rocha)
 

Compromisso com a democracia, ética e probidade administrativa. Estes são alguns dos pilares de um termo oferecido pela 5ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Araraquara aos nove candidatos à Prefeitura. 

Segundo o presidente da OAB Araraquara, Tiago Romano, a ação da entidade junto aos candidatos que se apresentam para disputar a preferência dos eleitores não é nova e entre os pontos previstos no documento estão à defesa da democracia, do estado democrático de direito e a preservação da cidadania.  

"Entre os vários itens podemos citar uma campanha pela qual o candidato vai zelar pela probidade, ética e modalidade, vai se esquivar de utilizar caixa dois, que é uma forma pela qual se busca o enriquecimento ilícito e favorecimento de pessoas e, principalmente, o nepotismo. Consta também neste termo a questão da transparência pública que o candidato deve assumir", explica Romano.  

Tiago Romano ressalta que todos os candidatos podem assinar compromisso (Foto: Divulgação)

Todos os candidatos, independente de partido ou coligação, foram convidados para assinar o termo, segundo o presidente da OAB. Mas, em meio à pandemia, Tiago Romano ressalta que todos os cuidados para evitar a transmissão da covid-19 estão sendo tomados e, por isso, a assinatura está sendo agendada e presença restrita de pessoas. 

"Por conta da pandemia estamos tomando todos os cuidados possíveis, então estamos pedindo para que compareça candidato a prefeito, seu vice e o assessor de imprensa para registrar o seu ato. Nós passamos abertamente em todas as redes sociais da OAB o termo que esse candidato vai assinar exatamente para não constranger o candidato, chegar lá e ser pego de surpresa", ressalta.  

Além do termo, Tiago Romano garante que a OAB deve fiscalizar e cobrar os postulantes para que cumpram os compromissos que assumiram. Segundo a entidade, a ação foi discutida também com a Justiça Eleitoral do município.  

"Passamos esse programa pelo juiz eleitoral e ele não só aprovou, tendo em vista a forma democrática que é feito e oportunizado por todos, como foi elogiado. E pedimos para que todos os prefeitos transmitam esse compromisso aos candidatos a vereador de seus partidos", finaliza.

Mais do ACidade ON