Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Edinho deve criar lei de 'socorro' às empresas em Araraquara

Prefeito reeleito diz que até o fim da semana deve enviar proposta para análise do Legislativo

| ACidadeON/Araraquara

Edinho Silva (PT) é reeleito prefeito de Araraquara (Foto: Amanda Rocha)

Edinho Silva (PT), prefeito reeleito de Araraquara, afirma que deve enviar até o fim da semana para a Câmara Municipal um projeto de lei que prevê "socorro" às empresas do município que sentiram os impactos da pandemia. A informação foi dada durante um ao vivo pelas redes sociais do ACidade ON, nesta segunda-feira (16).  

Menos de 24 horas depois de passar novamente pelo crivo das urnas, o chefe do Executivo afirma que a proposta está sendo elaborada por sua equipe e deve chegar para análise dos vereadores nos próximos dias.  

Sem dar detalhes de como será a proposta, Silva diz que se reuniu, nesta segunda, com a secretária de Gestão e Finanças Juliana Agatte para definir diretrizes. O prefeito reeleito também ressalta a importância de dialogar com o setor de contabilistas para obter um diagnóstico da realidade das empresas locais.  

"Essa semana ainda quero mandar pra Câmara uma proposta, um projeto de lei de recuperação das empresas. Quero dialogar com as entidades, principalmente o sindicato dos Contabilistas porque ninguém sabe mais da realidade das empresas que eles e quero dialogar e ter um projeto que responda a realidade das empresas do nosso município", afirma.  

Edinho também respondeu questionamentos de internautas sobre segurança pública, valorização dos servidores municipais, Guarda Civil Municipal, transporte coletivo, moradia, falta de médicos em postos de saúde, programas sociais e impostos municipais.  

ASSISTA A ENTREVISTA COMPLETA DE EDINHO SILVA  

 

ANÁLISE DO CENÁRIO POLÍTICO
Com o resultado das eleições, o prefeito reeleito também analisa os "recados das urnas". Silva faz questão de dizer que o processo eleitoral terminou e propôs um diálogo propositivo com os adversários políticos. "O gabinete está sempre aberto para discutir o bem de Araraquara".  

Outro ponto analisado por Silva é o recorde de abstenções nas eleições 2020 - mais de 55 mil eleitores deixaram de ir às urnas -, e a perca de fé das pessoas no poder transformador da política. Em sua avaliação, este é um recado aos partidos políticos.  

"A sociedade não quer mais a concepção de representação onde as pessoas são eleitas e criam regalias, privilégios e se distanciam. Aquela coisa que a gente ouve nas ruas de que as pessoas só procuram na eleição, que o candidato só pisa no bairro em época de eleição. Como quebra isso? Estando o tempo todo presente na vida das pessoas", defende.  

ELEIÇÃO HISTÓRICA
Edinho Silva (PT) é o 18º prefeito eleito através do voto popular em Araraquara. Aos 55 anos, o cientista social, com 46,09% dos votos válidos, se torna o único político na história da cidade a se eleger por quatro mandatos.  

Caso termine o período de quatro anos como chefe do Executivo, também será quem mais esteve a frente da Prefeitura - completará 16 anos -, ultrapassando Waldemar De Santi, com 14 anos e 3 meses e Plínio de Carvalho, com 13 anos.  

"Eu fiquei muito tocado por tudo isso, eu agradeço muito a Deus pela oportunidade que tive de representar a população de Araraquara como vereador, prefeito, deputado estadual, Ministro de Estado. Mas não tem nenhum cargo que me satisfaça mais do que ser prefeito", finaliza.

Mais do ACidade ON