Aguarde...

auto-on

Chevrolet S10: entre vaidades e modernidades

Linha 2021 da picape Chevrolet S10 renova o visual e incorpora internet a bordo e sistema de frenagem autônoma de emergência

| ACidade ON

por Luiz Humberto Monteiro Pereira
AutoMotrix
 



Em uma economia entorpecida por uma pandemia aguda e pela ineficiência governamental crônica, o agronegócio brasileiro ainda dá sinais de vigor. Assim, reforçar as ligações com o setor rural pode ser uma boa estratégia para incrementar os negócios em outros segmentos menos aquecidos do mercado. Não por acaso, no lançamento da linha 2021 da Chevrolet S10, a relação do modelo com o campo ganhou ainda mais relevância. Além de atualizar o visual com um estilo frontal inspirado na Silverado norte-americana, a picape média que completa vinte e cinco anos de estrada incorpora o sistema Wi-Fi nativo, já disponível em lançamentos recentes da marca, como o Onix, o Onix Plus e o Tracker. Afinal, conectividade é um assunto que anda em alta em todo o agronegócio, da pecuária até a agricultura de precisão. Nesse contexto, a picape muitas vezes serve de "escritório" para quem precisa operar os negócios em tempo real. Paralelamente à conectividade, a picape investiu na segurança. A estrutura da cabine foi reforçada e o modelo agora conta com seis airbags de série. Na versão topo de linha High Country, o sistema de frenagem autônoma de emergência reforça o pacote.  

A S10 é a primeira picape brasileira com Wi-Fi nativo. Segundo a Chevrolet, o sinal é até doze vezes mais estável que o de um smartphone, e a picape é capaz de se manter mais tempo conectada à rede 4G em função da antena, amplificando o sinal se reflete em maior velocidade de transmissão de dados. "O picapeiro costuma rodar muito pelo Interior. Sabemos que o Brasil é um país continental e que a cobertura de sinal de internet não é uniforme, por isso, o Wi-Fi da nova S10, com tudo o que ele agrega, ganha uma importância enorme nesse contexto", valoriza Rodrigo Fioco, diretor de Marketing de produto GM América do Sul. A tecnologia permite que sejam feitas atualizações remotas (Over the Air) de sistemas eletrônicos do veículo. A picape da Chevrolet agora é capaz de identificar a necessidade de troca de óleo e enviar um alerta para o WhatsApp do proprietário, que também pode iniciar a refrigeração da cabine à distância como forma de experimentar uma das várias funções do novo aplicativo myChevrolet. A nova S10 incorpora a mais recente geração do multimídia MyLink, no qual a novidade é a projeção sem fio para Android Auto e Apple CarPlay.  

Em termos de estilo, todas as versões da picape da Chevrolet ganharam um design frontal mais imponente, que segue o estilo da mais atual linha de utilitários globais da marca norte-americana. Agora, existe uma clara diferenciação entre a versão High Country e as demais, para reforçar o aspecto de exclusividade. Na nova topo de linha, a grade é toda escura e traz o nome "Chevrolet" em relevo sobre uma barra central. A High Country literalmente "colocou a gravata de lado" o logo da Chevrolet, na clássica forma de gravatinha dourada, deixa de vir centralizado e agora aparece lateralizado, à esquerda, sobre uma trama tipo colmeia harmoniosamente emoldurada pelos faróis com leds e o para-choque, que ganhou um aplique central em cor diferenciada e uma moldura na parte inferior. Conforme a Chevrolet, foi projetado para melhorar a capacidade do veículo de superar obstáculos, resultando em um ângulo de ataque que passou de 27 para 29 graus. No conjunto de faróis auxiliares, as luzes agora ficam em posição mais elevada para proporcionar maior poder de iluminação.
Na lateral, a S10 High Country chama a atenção pelas rodas esportivas de aro 18, que combinam as bordas usinadas com o centro e os raios em preto brilhante. 

O santantônio envolvente traz mais volume para a caçamba de 1.329 litros, a maior da categoria. O amortecedor da tampa traseira, que torna o manuseio mais suave, é de série na High Country e acessório nas demais versões LS, Advantage, LT e LTZ. Essas configurações acompanham as evoluções estéticas, porém, com diferenças de acabamento, como a grade com elementos cromados e o logo da Chevrolet na posição tradicional, no centro, além de rodas específicas. Na traseira, a picape equipada com câmera de ré projeta agora imagens de alta definição e conta com a função de engate. Outro recurso interessante desse sistema é que o usuário consegue acionar temporariamente a câmera traseira em plena viagem para uma checagem da situação do reboque a S10 conta com o controle eletrônico de oscilação do trailer.  

As motorizações continuam as mesmas, uma flex e uma a diesel. No entanto, o motor 2.8 turbodiesel ganhou recalibração e um novo turbo para melhorar a performance e a eficiência energética. A nova turbina é a mesma que equipa a picape Chevrolet Colorado norte-americana e, de acordo com a Chevrolet, deixa as acelerações mais progressivas. Para a integração da nova turbina, a engenharia trabalhou em uma nova calibração para o motor, que manteve os 200 cavalos de potência e 51 kgfm de torque. A nova calibração agrega melhor performance às versões mais sofisticadas, ampliando a sensação de agilidade em arrancadas e ultrapassagens, enquanto traz mais eficiência energética para as configurações voltadas para o trabalho. "Afinal, esses veículos atendem a clientes com expectativas bem distintas", justifica Ricardo Fanucchi, diretor-geral de Engenharia de produto GM América do Sul. Com isso, segundo a marca, a aceleração de zero a 100 km/h ficou 0,2 segundo mais rápida, passando para 10,1 segundos no modelo equipado com transmissão automática (AT6). Já a economia de combustível varia de 3% a 10%, dependendo da configuração e da condição.  


A nova S10 ganhou reforços estruturais na carroceria, oferecendo maior proteção aos ocupantes. Conforme a engenharia da General Motors, o veículo ficou até 20% mais resistente em caso de impacto. Na versão High Country, a S10 já oferecia alerta de colisão frontal, alerta de saída involuntária de faixa e controle eletrônico avançado de estabilidade e tração. Na linha 2021, incorpora o sistema de frenagem autônoma de emergência, parando a picape automaticamente ao identificar uma situação de risco envolvendo um veículo à frente ou um pedestre que esteja cruzando a dianteira. O recurso funciona de 8 km/h a 80 km/h e pode mitigar ou mesmo evitar um acidente. Ele entra em ação quando percebe o condutor distraído ou que o veículo logo à frente fez uma manobra abrupta. A S10 utiliza ainda a câmera deste sistema, localizada no alto do para-brisa, para ajudar o condutor em uma frenagem de emergência. Para ampliar a proteção aos ocupantes, a picape agora está equipada de série com seis airbags em todas as configurações era um item exclusivo da High Country.  


A nova S10 está disponível em três opções de carroceria (cabine dupla, cabine simples e chassis cab), cinco níveis de acabamento (LS, Advantage, LT, LTZ e High Country), duas opções de motorização (2.5 Flex e 2.8 Turbo Diesel), assim como duas de transmissão (MT6 e AT6) e tração (4x2 e 4x4). São sete opções de pintura externa: Branco Summit, Cinza Graphite, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro, Vermelho Edible Berries e as inéditas Cinza Topázio e Azul Eclipse. Os preços da linha 2021 da S10 foram mantidos em relação aos antigos, que já havia incorporado aumentos este ano por conta da expressiva alta do dólar que encareceu componentes importados. Ou seja, partem de R$ 125.390 na Advantage 2.5 Flex 4x2 manual e vão até os R$ 213.290 na High Country 2.8 Turbodiesel 4x4 AT. O Trailblazer, o utilitário esportivo da S10, continua a ser vendido apenas na versão Premier com o motor 2.8 turbodiesel e câmbio automático de 6 marchas com tração 4x4. O pacote de equipamentos é similar ao da picape High Country, com o sistema MyLink com tela de 8 polegadas e espelhamento sem fio, 4G a bordo, alerta de colisão com frenagem automática e rodas de 18 polegadas. Sai por R$ 269.850.

Ficha Técnica
Chevrolet S10 High Country 2021

Motor: dianteiro, longitudinal, 4 cilindros em linha, 2,8 litros, 16 válvulas, injeção direta, turbodiesel
Potência: 200 cavalos a 3.600 rpm
Torque: 51 kgfm a 2 mil rpm
Câmbio: automático de 6 marchas. Opção de tração dianteira, tração integral ou tração integral com reduzida
Direção: elétrica
Suspensão: independente com braços articulados na dianteira e feixe de molas na traseira
Freios: discos ventilados na dianteira e tambores na traseira
Pneus e rodas: 265/60 R18 liga leve
Comprimento: 5,41 metros
Largura: 1,87 metro
Altura: 1,84 metro
Entre-eixos: 3,10 metros
Tanque: 76 litros
Capacidade de carga: 1.049 litros
Peso: 2.101 kg
Central multimídia: tela LCD sensível ao toque de 8 polegadas, com GPS integrado, Android Auto e Apple CarPlay
Preço sugerido: a partir de R$ 213.290, com acréscimos relativos às cores da carroceria. Não há opcionais


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON