Aguarde...

auto-on

Ford Ranger Storm surpreende pela qualidade e preço

A Ranger Storm é confortável, agradável de dirigir, bom desempenho e preço competitivo

| Auto ON

 

 

O visual externo é sem dúvida o maior destaque da aventureira Ford Ranger Storm

A recém-lançada Ford Ranger Storm tem, sem a menor dúvida, no conjunto design e adereços, a maior atração do modelo. Juntamente com o preço, claro. As versões Storm começaram com o EcoSport, que se distanciou dos concorrentes pelo design e tecnologia.  

Além o design muito legal, a Ranger Storm chega cheia de qualidades para quem procura uma picape para o dia-a-dia e aventura. A Storm está longe de ser uma picape destinada ao trabalho. Longe daquelas pesquisas imbecis de que o público consumidor de um certo veículo é de X a X de idade, casado, com filhos etc.. Pura baboseira enfeitar o pavão. O comprador da Ranger Storm é uma pessoa de qualquer idade, que queira uma picape com aparência agressiva, bonita, com tecnologia embarcada, boa motorização e pronta para ser utilizada no uso diário e nas diversões dos finais semana.  

Andamos na Ford Ranger Storm e nos surpreendemos com a picape. Vale lembrar que a picape foi flagrada pelo site AutoOn e fotografada pelo estudante de Cinema, Thomaz Fraga, vinte dias antes do seu lançamento. Respeitamos o embargo solicitado pela marca, mas demos a matéria aqui. Nesse flagra, chovendo torrencialmente, várias picapes de fabricantes diversas circulavam na Rodovia dos Bandeirantes, mas a Storm, que perseguimos por diversos quilômetros, chamava muito a atenção. Inclusive, nos alertou para a quantidade de pessoas que estavam olhando e apontando para a picape.  

A Ranger Storm vem com o motor diesel mais potente da linha, Duratorq 3,2 litros, turbo, que oferece ao motorista 200 cavalos de potência máxima e um belo torque de 470 Nm. A transmissão automática de seis marchas faz um conjunto harmonioso com a motorização. Até o momento, a Storm não conta com outra opção de motorização e transmissão. Para incorporar o espírito de aventura, a picape tem a opção de três "trações": 4x2, 4x4 High ou 4x4 Low. Para engatar qualquer dessas funções, basta girar um botão do lado do câmbio. Utilizados por duas vezes durante nossa avaliação, tanto o engate como a reação ao solo menos aderente, foram muito positivos.  

E verdade que se juntam à transmissão os pneus escolhidos para esta versão. Os pneus especiais para off road (60% off road e 40% on road) com repartições (blocos de borracha) grandes melhoram a drenagem da água, areia e barro. As laterais dos pneus também foram reforçadas. O que melhora no uso off road piora no asfalto irregular. No asfalto liso é uma beleza, mas com ondulações ou buracos, a Storm é dura e "pula" muito.  

A estabilidade em velocidades mais elevadas também é comprometida pelos pneus, mas não é nada de absurdo. É que comparada com as versões XLT (que a Storm deriva) ou até mesmo da Limited, a diferença é sentida. Essas duas versões equiparam a Ranger quase a um automóvel de luxo.   

O snorkel é muito útil em veículos off road para superar trechos alagados sem danificar o motor

Mais elevada, o que facilita a entrada e saída de terrenos acidentados, a Storm ainda conta com um aliado na ultrapassagem por riozinhos e áreas alagadas. O snorkel, aquele tubo preto que corre paralelamente ao para-brisas, é um dispositivo utilizado para deslocar a entrada do filtro de ar do motor para um local mais elevado, saindo geralmente pela lateral do "cofre" do motor, evitando a entrada de água e não comprometendo o motor.

Andando no dia-a-dia, a Ranger Storm é confortável, agradável de dirigir e transmite muita confiança ao motorista. Na estrada, o desempenho surpreende.   

O interior apesar de bem acabado e eficiente, poderia ter uma corzinha para combinar com o exterior

Por dentro, a Ranger Storm não tem luxos extras, mas é muito bem acabada e completa. Exatamente a sua finalidade. Porém, para combinar com a sua vocação e com o seu exterior, mereceria alguns mimos, como por exemplo, os mostradores com os números em vermelho, uns coloridos no painel e até um Storm estilizado no painel. Algo para dar um ar menos sóbrio ao interior. Os bancos, confortáveis, são de tecido.  

Obviamente que os passageiros da frente são privilegiados. Até pode levar cinco atrás, mas o ideal são dois. Os "estribos" nas laterais facilitam muito o acesso à cabine.  

Para quem gosta de aventuras, destaque para o santo antônio e as diversas garras espalhadas pela caçamba.
Ah, além dessas qualidades, e mesmo com os defeitos, ainda tem o bom preço: R$ 150.990,00.

Mais do ACidade ON