Publicidade

Auto ON

Toyota Mirai bate recorde e entra para o Livro dos Recordes

Dirigido pelos pilotos Wayne Gerdes e Bob Winger, a viagem de dois dias com o Toyota Mirai rodou pelo sul da Califórnia

| Auto ON -

 

Bob Carter, executivo da Toyota Motor North América com a premiação
O Toyota Mirai 2021 entrou para o Livro dos Recordes por ter atingido a maior distância alcançada com um veículo elétrico de célula de combustível de hidrogênio sem reabastecimento.   

O Mirai alcançou a inédita marca de 845 milhas, ou cerca de 1.360 quilômetros, após ser abastecido completamente de hidrogênio por cinco minutos em uma viagem de ida e volta pelo sul da Califórnia, nos Estados Unidos.

Ao final da viagem, o modelo japonês consumiu um total de 5,65 kg de hidrogênio e passou por um total de 12 estações de hidrogênio ao longo das rotas de movimentação sem reabastecimento. Ele emitiu zero CO2, enquanto um veículo com motor de combustão interna padrão teria emitido cerca de 664 libras de CO2 na mesma distância.   
 
Toyota Mirai bate recorde registrado no display
"Em 2016, o Toyota Mirai foi o primeiro veículo elétrico de célula de combustível disponível para venda no varejo na América do Norte, e agora a nova geração do Mirai está estabelecendo recordes de distância", disse Bob Carter, vice-presidente executivo da Toyota Motor North América.  

A tentativa de recorde oficial foi monitorada de perto pelo Guiness World Records, seguindo suas regras rígidas e procedimentos de documentação. Em sua jornada de 23 e 24 de agosto de 2021 com foco na eficiência, o Mirai registrou impressionantes 152 MPGe (milhas por galão equivalente) com água como única emissão.   

O juiz do Livro dos Recordes, Michael Empric, validou o tanque do Mirai com um selo no início e no final da viagem. (AF)

Mais notícias


Publicidade