Aguarde...

auto-on

Scania: gás em expansão

Tome nota

| Auto ON

por Luiz Humberto Monteiro Pereira
AutoMotrix

Gás em expansão

caminhão Scania R 410 a GNV/biometano do Grupo Charrua: divulgação
A Scania entregou o quinto caminhão movido a GNV e/ou biometano do Brasil para o Grupo Charrua. Trata-se do primeiro modelo vendido para a Região Sul do país com a tecnologia. Com a nova venda, a marca sueca chega a vinte e três modelos movido a GNV e/ou biometano comercializados no Brasil, sendo dezoito para a PepsiCo. O pesado R 410 6x2 será usado no transporte de gás natural veicular pela Charrua Gás para atender a clientes do Rio Grande do Sul, como indústrias e postos de combustível. "É um prazer enorme ser o primeiro cliente do Sul a receber essa nova tecnologia da Scania, tanto pela economia quanto pela questão ambiental, com a redução das emissões de CO2. O fato da distribuidora do gás ser a primeira empresa do Grupo Charrua, mostra que somos pioneiros no que fazemos. Acredito que depois virão mais caminhões", explica Flavio Aluísio Rudiger, diretor de Logística e Transportes do Grupo Charrua. Os caminhões pesados Scania movidos a gás natural veicular (GNV) e/ou biometano são indicados para médias e longas distâncias.

Fase de adaptação
 

pátio da fabricante de implementos rodoviários para o transporte de cargas 4Truck: divulgação
Transportadoras, empresas de logística e proprietários estão buscando adaptar seus veículos para atender a setores que apresentam quedas menores ou até sem sintomas do efeito da crise gerada pela Covid-19. Essa demanda cria oportunidades para empresas como a 4Truck, fabricante de implementos rodoviários para o transporte de cargas sediada em Guarulhos (SP) e considerada uma das maiores do segmento leve sobre chassi. "Apesar de toda a crise, a 4Truck fechou o primeiro quadrimestre de 2020 com um crescimento de 33%. Quando veio a pandemia, houve uma desaceleração, porém, estamos notando que o mercado está voltando a aquecer. No mês de maio, fechamos com o dobro no volume de venda em relação a abril, quando tivemos o pior resultado em cinco anos", aponta Osmar Oliveira, CEO da 4Truck. Uma das apostas da empresa é o serviço denominado "Entrega Rápida", no qual o cliente recebe seu veículo implementado com baú de alumínio em até cinco dias. "O serviço foi criado para suprir a urgência neste período de demandas pontuais e essenciais", destaca Oliveira. Entre os serviços mais procurados estão a produção de baús de alumínio isotérmicos (que transportam alimentos e medicamentos) e cabines suplementares, usadas para a manutenção de redes e serviços essenciais.

Dúzia exata  

12 unidades do Iveco Hi-Way da BrLog: divulgação
Especializada na logística de granéis sólidos, com forte atuação em Minas Gerais e no Paraná, a BrLog, empresa com sede em Curitiba, adquiriu doze modelos Hi-Way 440 6x2 da Iveco. "A compra faz parte do processo de renovação da nossa frota, que atualmente conta com aproximadamente duzentos veículos. A frota própria permite maior versatilidade e capacidade de atendimento das demandas dos clientes, com rápida resposta às variações de demanda", justifica Bruno Zibetti, sócio-diretor da BrLog. A linha Hi-Way, lançada em 2013, evoluiu recentemente a partir de pesquisas feitas com os clientes da Iveco, que desenvolveu um pacote de melhorias técnicas, aumentando significativamente o torque e a economia de combustível dos modelos. Essas mudanças contemplaram a turbina, o coletor de escape, o volante do motor e o aumento da eficiência do sistema de arrefecimento, além da calibração geral de motor e caixa. Para otimizar os custos operacionais em todas as condições de uso, o cliente tem a opção do "modo econômico", acionado por meio da tecla Eco no painel, contribuindo para um menor consumo de combustível.

Negócios do fogo
 

um dos caminhões Volkswagen Constellation 24.280 do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia: divulgação
Vinte e sete novos caminhões Constellation 24.280 foram adquiridos por meio de licitação pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A entrega dos veículos será concluída ainda em junho. A participação na licitação foi feita pela fabricante mundial de viaturas de combate a incêndio Iturri, que incluiu os caminhões Volkswagen na proposta vencedora do edital. A Iturri tem fábrica instalada no Brasil desde 2017, no município de Atibaia (SP). Os caminhões Volkswagen que atuarão no combate a incêndios receberam o implemento denominado "viatura auto tanque bomba", capaz de armazenar 12 mil litros de água e bomba com capacidade de 500 galões (1.900 litros) por minuto. "O Corpo de Bombeiros é uma instituição com imenso reconhecimento da população no Brasil. A Volkswagen Caminhões e Ônibus se orgulha em apoiar esse trabalho. Sabemos que a missão de salvar vidas requer veículos confiáveis e robustos. Por isso, acreditamos que a escolha pelo Constellation 24.280 foi natural, uma vez que o veículo reúne todos os atributos necessários para o desempenho das funções em que atuará", comemora Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus.