Aguarde...

auto-on

Harley-Davidson do Brasil: arte em movimento

Tome nota

| Auto ON

 

por Edmundo Dantas
AutoMotrix


Arte em movimento


Em vista da pandemia da Covid-19 que se espalhou por todo o mundo, a Harley-Davidson do Brasil sentiu-se desafiada a desenvolver novos projetos para esse momento delicado. Pensando nisso, a representação brasileira da marca norte-americana promove a campanha "Arte Sobre Tanques". O objetivo principal dessa campanha foi aproximar os clientes da marca dos artistas envolvidos na cena da cultura custom, apaixonados por motociclismo e pela solidariedade. Oito customizadores aficionados por Harley-Davidson foram selecionados para desenvolverem peças únicas a partir dos revestimentos dos tanques de combustível da Softail, que foram disponibilizados pela fabricante. Entre os artistas selecionados e apoiados pela Hatley-Davidson do Brasil, estão Sthephanie Corvett, Miguel Jeff , Gabriel Alves, Mister Lui, Erick Pinaffi, Marcelo Lobão, Chopperspaint e Léo Dalla. Cada um deles será responsável por um tanque customizado, que será rifado para arrecadar fundos para as instituições Instituto Maria de Lourdes (RJ), Ponto Base Anjos do Asfalto BR=381 (MG), Hospital do Câncer de Goiânia (GO), Rede Feminina de Combate ao Câncer (MS), Médicos Sem Fronteiras, Casa do Menor de Sorocaba (SP) e Instituto do Câncer de São Paulo - ICESP. Todo valor arrecadado pelas rifas será revertido 100% para as instituições. Mais sobre a ação "Arte Sobre Tanques" no Instagram e no Facebook da Harley-Davidson do Brasil.

Pose dinâmica

A Aston Martin divulgou as primeiras imagens de sua moto AMB-001 em movimento - o modelo foi revelado ao mundo no Salão de Milão de 2019, mas até agora só tinha sido visto estático. Desenvolvida para circuitos fechados, a AMB-001 é a primeira moto da história da marca inglesa. Com motor turbo de 180 cavalos, a superesportiva terá apenas cem unidades produzidas, com preço de 108 mil euros - o equivalente a R$ 657 mil. Projetada pela Aston Martin, a AMB-001 teve o seu desenho inspirado nos automóveis da marca, enquanto o conjunto mecânico foi feito em parceria com a Brough Superior - empresa inglesa fabricante de motos, conhecida como "Rolls-Royce das Motocicletas". Apesar da pandemia do coronavírus, a previsão de entrega das primeiras unidades está mantida para o final de deste ano.

Convocação para Ninjas


A Kawasaki Motores do Brasil Ltda. convocou os proprietários das motocicletas Ninja ZX-10R e Ninja ZX-10R SE modelos 2020, fabricadas em março de 2019, para a agendar uma visita a uma das concessionárias autorizadas Kawasaki para a reprogramação da ECU (Unidade de Controle do Motor) e substituição das válvulas de sucção de ar do cabeçote. Segundo a fabricante, o uso da motocicleta deverá ser suspenso imediatamente até que o reparo seja feito. Nas unidades afetadas, a programação de fábrica da ECU pode causar um atraso na queima do combustível quando usada em conjunto com o sistema de troca de marchas Quick Shifter em condições extremas de condução, resultando em deformação e/ou quebra das válvulas de sucção de ar. O uso contínuo nessa condição pode resultar em derretimento das peças ao redor pela alta temperatura do retorno dos gases de escape, podendo causar um incêndio e gerar acidentes fatais. Os agendamentos já estão disponíveis, e o tempo estimado para o reparo, gratuito, pode levar aproximadamente três horas. Mais informações no site www.kawasakibrasil.com ou pelo telefone 0800 773-1210, das 9h às 17h.

Borrachas de delivery

Em tempos de pandemia e com o aumento dos serviços de entregas feitos pelos motofretistas, a Michelin lança dois novos pneus destinados a scooters e motos de baixa e média cilindradas. O Pilot Street 2 e o City Grip 2 oferecem segurança em pisos secos e molhados, além de rápida capacidade de resposta, porém, os preços não foram divulgados pela fabricante. "Os lançamentos vêm para atender às necessidades dos motociclistas que utilizam a moto diariamente para fins de transporte e trabalho, oferecendo economia, devido a sua alta durabilidade; além de segurança", explica Daniel DAlmeida, gerente de Marketing de Pneus para Motocicletas da Michelin América do Sul. O Pilot Street 2 está disponível para as Honda CG 160, Biz e Pop 110i e a Yamaha Fazer. Com visual esportivo, o lançamento apresenta em sua banda de rodagem ranhuras laterais progressivas e pequenas ranhuras centrais, que melhoram o escoamento da água, mantendo assim a aderência em piso molhado e a resistência ao desgaste. Além disso, seus compostos e novo desenho conferem a ele uma maior durabilidade. Já o City Grip 2 foi desenvolvido para scooters. Os compostos à base de sílica em sua banda de rodagem proporcionam alta aderência em superfícies molhadas ou escorregadias, incluindo faixas brancas. Também está entre os diferenciais do lançamento a sua tecnologia de recortes em formato "dente de tubarão", exclusiva da marca, que aumenta a aderência no molhado, proporcionando grande segurança nesse tipo de piso. Disponível para modelos Honda, Yamaha e Suzuki.

Mais do ACidade ON