Aguarde...

auto-on

BMW Motorrad Brasil: quando entrar setembro

Tome nota

| ACidade ON

por Edmundo Dantas
AutoMotrix

Quando entrar setembro
 

BMW S 1000 RR pacote M: divulgação
A BMW Motorrad Brasil confirma o lançamento até setembro da S 1000 RR pacote M, nova versão da superesportiva da marca bávara. Produzida da Zona Franca de Manaus, a nova motocicleta se propõem a impressionar pelos atributos de design e performance. A nova BMW Motorrad S 1000 RR pacote M pretende estabelecer novos parâmetros no segmento com seus atributos de força e potência aliados a uma condução extremamente precisa, que conta ainda com auxílio de sistemas eletrônicos de assistência à pilotagem. A BMW S 1000 RR de nova geração começou a ser vendida no Brasil em março, por R$ 91.950. Além do visual renovado com foco na aerodinâmica, o modelo ficou 11 quilos mais leve, reduzindo seu peso em ordem de marcha para 197 quilos. O painel de instrumentos colorido também é novo e totalmente digital. O motor continua a ser um quatro cilindros em linha com 999 cm³ de capacidade. Com a nova geração, a S 1000 RR passou a entregar 207 cavalos, 11 cavalos a mais que o modelo anterior, e 11,5 kgfm de torque. Detalhes técnicos e preço serão informados apenas na ocasião do lançamento nacional.

Nova de novo  

Ducati Panigale V4S 2020: divulgação
Lançada no Brasil há um ano, a Ducati Panigale V4 S tornou-se uma das superesportivas mais desejadas do mercado. Agora, a chegada do modelo 2020 foi feita em uma "live", como convém a esses tempos de necessário isolamento social. Desenvolvido novamente em estreita colaboração com a Ducati Corse, a nova Panigale V4 S pretende explorar o know-how e a tecnologia do mundo das corridas para ser a moto de estrada mais próxima dos modelos da MotoGP. Trata-se da primeira Ducati produzida em série equipada com um motor de quatro cilindros, derivado do Desmosedici da MotoGP. Uma moto com 1.103 cm3 e 214 cavalos, na qual os caracteres "V4" identificam o tipo de motor e inauguram uma nova era da fabricante italiana de motocicletas. O peso seco é de 174 quilos. A relação potência/peso é de impressionantes 1,09 cv/kg. E o preço passou dos R$ 110 mil, do modelo 2019, apresentado no ano passado, para R$ 130 mil.

Encontro sob o céu
 
Salão Moto Brasil: divulgação

O Salão Moto Brasil 2020 será o maior evento de duas rodas do país no ano. Para comemorar seus dez anos, o evento que reunirá fabricantes de motocicletas, fornecedores, empresas de acessórios e customizadores, entre outros, está confirmado para 19 a 22 de novembro, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. O evento manterá o conceito "outdoor experience" realizado a céu aberto. Para atender às exigências impostas pela pandemia da Covid-19, o espaço das fabricantes de motos terá estandes destacados para cada marca participante, para que os visitantes possam curtir os principais lançamentos do segmento de duas rodas sem se expor a aglomerações. Outras medidas serão adotadas de acordo com o novo protocolo para eventos definido pelas autoridades públicas. Apesar de a cidade do Rio já adotar flexibilização das regras de restrição social, o caráter nacional do evento, que recebe visitantes de todos os cantos do país, exige cautela. O SMB acredita que a realização do salão no segundo semestre do ano contribuirá, também, para a retomada da economia após a crise provocada pela pandemia mundial da novo coronavírus. Os ingressos para a décima edição do Salão Moto Brasil continuam à venda no site www.salaomotobrasil.com.br/2020/ingressos/. Os bilhetes também estão disponíveis em pontos de venda físicos no Rio e em São Paulo.

Byke chique  

bicicleta elétrica Ducati e-Scrambler: divulgação
A mobilidade elétrica na Europa não para de crescer, impulsionada pelos incentivos tributários locais para bicicletas e scooters que podem ser carregadas em tomadas. Até marcas sofisticadas como a Ducati começam a voltar suas atenções para esse segmento. E a fabricante italiana de esportivos sediada na cidade bolonhesa de Borgo Panigale anuncia o lançamento da e-Scrambler. Segundo a Ducati, o baixo centro de gravidade e a geometria da estrutura permitem que a e-Scrambler ofereça as mesmas sensações de pilotagem de uma bicicleta tradicional. A bike elétrica e-Scrambler traz muitos acessórios como o rack para transporte de bagagem, para-lamas, suporte e luzes de sinalização. O quadro é de alumínio, o motor é um Shimano Steps E7000 de 250 Watt com bateria de 504 Wh e os pneus são Pirelli Cycl-e GT. O câmbio é fornecido pela Sram NX e tem 11 velocidades, assim como os freios de quatro pistões. Disponível em todos os revendedores europeus da Ducati e no site Ducati.com, a bicicleta elétrica tem preço final de 3.699 euros (quase R$ 23 mil), com impostos e frete incluídos e bônus do governo deduzido.