Aguarde...

auto-on

Mercedes-Benz: no topo do ranking

Tome nota

| Auto ON

por Luiz Humberto Monteiro Pereira
AutoMotrix

No topo do ranking
 

Mercedes-Benz Actros 2651: divulgação
O extrapesado Mercedes-Benz Actros 2651 6x4 da linha atual, lançado no final de 2015, se destacou como o campeão de vendas em julho. Com quinhentas e dezoito unidades emplacadas, foi o caminhão mais vendido do mercado brasileiro, considerando todas as marcas e modelos. Setores do agronegócio, como transporte de grãos e de cana-de-açúcar, seguem puxando as vendas de caminhões extrapesados em 2020, além da mineração e do transporte de celulose, combustíveis, químicos e gás, alimentos, bebidas e produtos farmacêuticos. "Estamos muito satisfeitos com o resultado de vendas do Actros 2651, um caminhão que foi conquistando aprovação dos clientes desde que chegou ao mercado, há quase cinco anos. Esse modelo inovou no segmento de extrapesados, trazendo o que os transportadores e os motoristas nos pediram: melhor custo operacional, tecnologia, robustez e conforto. Esse campeão de vendas e toda a atual linha Actros abrem assim caminho para o novo Actros, cujas primeiras entregas começaram também em julho", comemora Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. "O sucesso nas vendas de extrapesados contribui de forma significativa para o nosso resultado no mercado brasileiro de caminhões, do qual somos líderes com 32% de participação no acumulado de janeiro a julho. No total, foram quase 15 mil caminhões emplacados", contabiliza Leoncini.


Na tendência da demanda  

ônibus Marcopolo Attivi Express: divulgação
A Marcopolo apresenta o Attivi Express, seu novo modelo de carroceria urbana articulada e dedicada a chassis de propulsão elétrica para corredores troncais e sistemas de mobilidade para médias e grandes cidades. O modelo, que faz parte do lançamento do projeto do primeiro veículo leve sobre pneus 100% elétrico do Brasil, está em fase final de desenvolvimento e será fornecido, em parceria com a marca chinesa de chassis elétricos BYD, para a Linha Verde de São José dos Campos, em São Paulo. O design inclui iluminação externa com faróis em full-led, garantindo maior eficiência luminosa. Os retrovisores externos são substituídos por um sistema composto por seis câmeras de alta definição, duas delas com infravermelho, e monitores que cobrem um campo de visão maior em comparação aos espelhos e eliminam eventuais "pontos cegos" para os motoristas nas laterais do veículo, facilitando as manobras e aumentando a segurança no trânsito. Outros itens inéditos são o sistema de entretenimento para os passageiros, com dois monitores de 15,6 polegadas instalados no teto, rádio e alto-falantes internos, portas pantográficas de duas folhas com maior vão livre e sistema antiesmagamento que, ao encontrar obstáculo, fazem automaticamente a sua reabertura, evitando ferimentos ao passageiro. O novo modelo Attivi Express contará também com as soluções Marcopolo BioSafe. O veículo será equipado com poltronas, balaústres e pega-mãos com aditivos antimicrobianos para garantir a desinfecção dos locais de contato e reduzir os riscos de contaminação por vírus e bactérias. O projeto Linha Verde é uma iniciativa que prevê a criação de um corredor sustentável de 20 quilômetros de extensão para interligar as regiões sul, central e leste da cidade de São José dos Campos. Ao todo, serão doze ônibus, com previsão de entrega a partir de março de 2021.


Nos pontos de BH  

ônibus Volvo chassi B270F de 15 metros do Grupo Rodap: divulgação
O Grupo Rodap está ampliando e fortalecendo a sua operação na Grande Belo Horizonte com ônibus Volvo. Sediado em Santa Luzia, na Região Metropolitana da capital mineira, o grupo operador de transporte urbano de passageiros adquiriu seis unidades do chassi B270F de 15 metros, produzidos pela marca na fábrica de Curitiba, no Paraná. Operados pela Territorial Transportes, uma das empresas do Grupo Rodap, os novos ônibus já estão rodando em viagens que ligam o município de Santa Luzia à capital mineira. "Estamos sempre investindo em novas soluções que tragam melhorias, seja para o conforto dos passageiros ou para tornar a operação de transporte mais eficiente", afirma Luiz Otávio Silveira, diretor de Manutenção e Suprimentos do Grupo Rodap. "Mais uma vez, a Volvo oferece ao mercado uma opção para aumentar a capacidade de transporte, com uma alternativa versátil de produto para as empresas do setor", complementa Paulo Arabian, diretor Comercial de Ônibus Volvo no Brasil. O B270F de 15 metros é o produto ideal para as operações urbanas nas quais o número de passageiros requer um ônibus maior que o de tamanho tradicional, de 12 metros, mas onde não é preciso um chassi articulado, de 18 metros. O chassi pode transportar até 50% mais pessoas que um veículo convencional.

Fé no e-commerce   

caminhões Mercedes-Benz Axor da Braspress: duvulgação

Líder no transporte de encomendas no mercado brasileiro, a Braspress novamente escolheu a marca Mercedes-Benz para ampliação de frota. O cliente acaba de adquirir duzentos e trinta e cinco caminhões extrapesados da linha Axor. São duzentas e vinte unidades do Axor 1933 e quinze do Axor 2041, que serão entregues, de forma programada, de outubro a dezembro deste ano. "Esse é um dos maiores negócios de caminhões extrapesados que fizemos durante o período da pandemia até aqui", festeja Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. "Estamos investindo R$ 105 milhões nessa negociação, que envolve a compra dos duzentos e trinta e cinco caminhões Axor e também de trezentos semirreboques Fachini, além de tecnologias de rastreamento e telemetria e da personalização da frota. Prevemos um crescimento da ordem de 12% a 13% nos nossos negócios em 2020 e isso se deve especialmente ao incremento do e-commerce", diz Urubatan Helou, diretor-presidente da Braspress. "A pandemia é como o clima, depois de grandes tempestades vem uma grande bonança. E tenho convicção que essa bonança está por vir e, quando ela chegar, a Braspress já estará preparada para poder atender às demandas dos clientes. Aliás, esperamos um boom no mercado online B2C, direto das empresas para os consumidores, a partir do segundo semestre de 2021. Se isso se confirmar, a Braspress estará pronta para entregar um maior volume de encomendas no comércio eletrônico", avisa Helou.

Mais do ACidade ON