Aguarde...

auto-on

Mitsubishi: estética e dinâmica integradas

A Mitsubishi apresenta a sexta geração da picape média L200, aperfeiçoando o estilo e a capacidade de trabalho

| Auto ON

por Daniel Dias
AutoMotrix


A L200 chega à linha 2021 embalada com a sexta geração da picape média da Mitsubishi surgida em 1978. Quando incorporou o nome "Triton" vindo de um deus da mitologia ou de uma lua de Netuno, o quarto maior planeta do Sistema Solar , a picape média adicionou à força e à capacidade de trabalho um visual moderno e com muita personalidade. A L200 já era chamada de Triton na Tailândia, de onde era importada pelo Brasil. Quando a picape começou a ser produzida em Catalão (GO), em 2005, na sua quarta geração, assumiu o nome "Triton" no mercado nacional, colocado inclusive acima (no nível de importância) do "L200". A longevidade do design é a melhor explicação do acerto da engenharia da Mitsubishi, afinal, poucos modelos permanecem com a mesma "cara" por quinze anos. Em termos visuais, portanto, a marca oriental representada no Brasil pela HPE Automotores não tinha a necessidade de promover grandes alterações para a nova geração. Mas como uma evolução tende a ser sempre uma melhora, a sexta geração da L200 Triton apresentada agora é ainda mais "estilosa", pois associou a beleza à agressividade nas linhas.  

Equipada com o motor 2.4 turbodiesel, de quatro cilindros com estrutura leve em alumínio, tecnologia de válvulas variáveis MIVEC, 190 cavalos de potência e 43,9 kgfm, a nova Triton Sport destaca a transmissão automática de 6 velocidades. Nas configurações HPE e HPE-S, conta com opções para trocas sequenciais por meio de "paddles shifts" localizados atrás do volante. A relação de marchas foi calibrada para utilizar todo torque do motor em baixas rotações e para dar todo o conforto com o mínimo de vibrações e ruídos na cabine em velocidade de cruzeiro. Nas concessionárias desde o final da semana passada, a nova L200 chega em três versões - Triton Sport GLS, com preço de R$ 188.990, Triton Sport HPE, a R$ 212.990, e Triton Sport HPE-S, a R$ 232.990. A sexta geração da picape traz o design casado com a nova identidade da Mitsubishi: o conceito "Advanced Dynamic Shield", já presente no Pajero Sport e no Eclipse Cross, proporcionando uma aparência ainda mais robusta e esportiva. Por meio dele, a picape recebeu um novo conjunto de transmissão, um novo sistema multimídia da marca JBL e uma maior capacidade de carga e de reboque. O veículo também foi equipado com novas tecnologias que oferecem mais conforto e segurança aos seus ocupantes, como a introdução do Sistema de Frenagem Autônoma, o Sistema de Monitoramento de Ponto Cego e o exclusivo sistema "Off-Road Mode", que adapta automaticamente as características de tração, de aceleração e de torque ao terreno. "A linha Triton 2021 chega como uma ótima opção dentro do mercado brasileiro de picapes. O modelo reúne todo o legado presente nos mais de quarenta anos da L200, trazendo um design totalmente atualizado, mais tecnologia, melhor eficiência em consumo, maior conforto a bordo e um poderoso sistema de tração 4x4", afirma Robert Rittscher, CEO da Mitsubishi Motors no país.  

Por fora, a dianteira da picape foi totalmente redesenhada A grade é na cor alumínio, acompanhando as molduras do para-choque em cromado no formato de bumerangue. O capô tem vincos pronunciados e está mais elevado. O novo conjunto óptico conta com faróis mais afilados e um visual mais moderno. As versões HPE e HPE-S são equipadas com faróis de neblina colocados em um "ninho" saliente e grande. A topo de linha HPE-S acrescenta faróis biled com DRL (luzes de circulação diurna) integrado, ajuste de altura e lavador. Segundo a marca japonesa, as linhas laterais da picape garantem um melhor desempenho aerodinâmico. Nas configurações HPE, os retrovisores externos têm rebatimento elétrico com luz de seta, capa cromada e desembaçador. As maçanetas são cromadas e há estribos laterais para facilitar o acesso.  

O modelo foi projetado ainda conforme o conceito J-Line, buscando otimizar e ampliar ao máximo o espaço interno e de carga ao mesmo tempo em que reduz a distância de entre-eixos. O tamanho da carroceria, assim como o entre-eixos de três metros, garantem à picape o menor raio de giro da categoria, com apenas 5,9 metros. De acordo com a engenharia da Mitsubishi, essa característica oferece mais conforto, facilidade de direção e agilidade em situações de manobras. As mudanças visuais são igualmente perceptíveis na traseira, que agora conta com um novo para-choque, equipado com sensores de estacionamento e degrau de acesso à caçamba. As lanternas foram repaginadas e são de leds na HPE-S. Para trazer mais segurança, o "brake light" está integrado na tampa, uma solução para melhorar a visibilidade da luz de freio mesmo se a carga transportada for alta. A picape ganhou rodas maiores em relação ao modelo anterior, com 18 polegadas, equipadas de série com pneus 265/60.  

Se a tecnologia presente no agronegócio evoluiu muito nos últimos anos, o mesmo se aplica à L200 Triton. As mais de quatro décadas do modelo firmaram a picape como sinônimo de robustez e durabilidade. Com toda essa herança e evolução, a Triton Sport 2021 foi projetada para oferecer o máximo em capacidade e versatilidade, sem deixar de lado a tecnologia e o conforto a bordo. A caçamba pode transportar uma carga de 1,055 tonelada e está aliada à capacidade de reboque de até 2,3 toneladas. A parte interna da caçamba é revestida com o X-Liner, que impermeabiliza e protege o compartimento de carga de riscos e corrosão. Para o reboque, a picape vem de fábrica com o Sistema de Assistente de Estabilidade com Trailers. O dispositivo auxilia a dirigibilidade e atua de forma a reduzir os riscos de perda de controle que ocasionam o tombamento ou a perigosa posição em "L".  

Para a Mitsubishi, os amantes da prática off-road têm na nova Triton Sport um veículo com desempenho seguro para todos os tipos de terreno. A picape reúne conforto e dirigibilidade de um SUV de luxo com a capacidade 4x4 presente no modelo desde sua primeira versão. O sistema de suspensão é independente na dianteira e com eixo rígido na traseira. O Super Select 4WD-II (SS4-II) coloca para o motorista quatro modos de operação, incluindo a reduzida. Por meio de um seletor no console central, ele pode escolher o melhor ajuste. São eles o "2H", usado para estradas e vias públicas com desempenho suave, o "4H", para estradas e pisos irregulares - distribui automaticamente a tração entre os eixos por meio do diferencial central -, o "4HLc", para terreno acidentado com superfícies de baixa aderência, e o "4LLc", para subidas ou descidas íngremes, rochas, areia e lama.  

A tecnologia é um dos pontos altos da nova L200 Triton Sport. O modelo foi equipado com uma série de sistemas para rodar em qualquer terreno e garantir conforto e segurança. O sistema de entretenimento colocado no painel central é da JBL, com tela sensível ao toque de 7 polegadas, podendo ser totalmente integrado ao Apple CarPlay ou ao Android Auto. Pela multimídia pode-se receber e fazer ligações por comando de voz, verificar os níveis de sinal e de bateria direto na tela do veículo e espelhar aplicativos como o Waze, o Google Maps e o Spotify, sem o motorista ter de tirar os olhos da estrada. O painel de instrumentos do condutor tem visual mais moderno em comparação ao da versão anterior e display colorido, com várias informações do computador de bordo. As versões HPE e HPE-S contam com sensores crepuscular, de chuva e de estacionamento e câmera de ré. A "top" adiciona o sensor de estacionamento frontal. A picape da Mitsubishi traz o sistema Smart Keyless de abertura de portas e ignição do motor. Com ele, o motorista não precisa tirar sua chave do bolso. Por aproximação, a presença do controle é identificado pelo veículo, bastando ao condutor apertar um botão na maçaneta para acessar o seu interior.

Mais do ACidade ON