China alerta EUA sobre 'consequências desastrosas' por viagem de Pelosi à Taiwan China alerta EUA sobre 'consequências desastrosas' por viagem de Pelosi à Taiwan

China alerta EUA sobre 'consequências desastrosas' por viagem de Pelosi à Taiwan

China alerta EUA sobre 'consequências desastrosas' por viagem de Pelosi à Taiwan

Os EUA poderão enfrentar 'consequências desastrosas' caso contrarie a China em relação à viagem da presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, à Taiwan. O alerta foi feito pela porta-voz do ministério de Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 2.

A porta-voz reiterou a oposição de Pequim quanto à visita de Pelosi à nação insular, a qual o Partido Comunista reivindica como parte de seu território. 'Não importa por qual motivo Pelosi vá para Taiwan, será uma aposta estúpida, perigosa e desnecessária', disse Hua. 'É difícil imaginar uma ação mais imprudente e provocativa', completou.

A porta-voz se negou a comentar se a China poderia mobilizar tropas militares em oposição à viagem de Pelosi, apontando para o Ministério de Defesa da China como responsável por responder essas questões. 'Se o lado dos EUA julgar mal ou lidar mal com a situação através do Estreito, isso terá consequências desastrosas para a segurança, prosperidade e ordem da região de Taiwan e até do mundo', disse Chunying.

Nancy Pelosi, deixou a Malásia nesta terça-feira e a expectativa é que chegue a Taiwan nas próximas horas, deflagrando tensões com a China. O avião com Pelosi e sua delegação deixou a base da força aérea malaia após uma breve parada que incluiu um almoço de negócios com o primeiro-ministro da Malásia, Ismail Sabri Yaakob, de acordo com uma autoridade que falou sob condição de anonimato.

Pelosi está numa turnê asiática esta semana que vem sendo observada de perto, após a China fazer repetidas ameaças por seus planos de visitar Taiwan.

Não se sabe oficialmente o destino de Pelosi após a passagem pela Malásia, mas a mídia de Taiwan noticiou que ela chegará a ilha na noite de terça-feira (pelo horário local). Se confirmada a viagem, Pelosi será a funcionária do mais alto escalão do governo americano a visitar Taiwan em mais de 25 anos.

Segundo fontes do United Daily News, Liberty Times e China Times, os três maiores jornais nacionais de Taiwan, Pelosi irá passar a noite na ilha. Fontes: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Mais Notícias

Mais Notícias