EUA impõem sanção contra companhias que apoiam conglomerado petroquímico do Irã EUA impõem sanção contra companhias que apoiam conglomerado petroquímico do Irã

EUA impõem sanção contra companhias que apoiam conglomerado petroquímico do Irã

EUA impõem sanção contra companhias que apoiam conglomerado petroquímico do Irã

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos adotou nesta segunda-feira, 1º, medidas contra companhias usadas pela Persian Gulf Petrochemical Industry Commercial, uma das maiores companhias petroquímicas do Irã. As empresas foram punidas por facilitar a venda de dezenas de milhões de dólares em petróleo e produtos petroquímicos do Irã para o leste da Ásia, diz o Tesouro americano, em comunicado. O texto lembra que esta empresa citada é uma subsidiária do conglomerado iraniano Persian Gulf Petrochemical Industry, responsável pela metade de todas as exportações petroquímicas do país.

O Tesouro americano se diz comprometido com o caminho da diplomacia para retomar o acordo multilateral que limitava o programa nuclear do Irã, mas diz que até que Teerã volte a cumprir totalmente seus compromissos continuará a impor sanções contra 'a venda ilícita de petróleo e petroquímicos iranianos', nas palavras de Brian E. Nelson, subsecretário do Tesouro para Terrorismo e Inteligência Financeira.

Uma empresa alvo da medida de hoje é a Blue Cactus Heavy Equipment and Machinery Spare Parts Trading, sediada nos Emirados Árabes. Outras são a Farwell Canyon HK Limited (Farwell Canyon) e a Shekufei International Trading Co., Limited (Shekufei), além da PZNFR Trading Limited.

Mais Notícias

Mais Notícias