EUA pedem que China não veja como mudança na política caso Pelosi vá a Taiwan EUA pedem que China não veja como mudança na política caso Pelosi vá a Taiwan

EUA pedem que China não veja como mudança na política caso Pelosi vá a Taiwan

EUA pedem que China não veja como mudança na política caso Pelosi vá a Taiwan

Secretário de imprensa do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, John Kirby, reforçou que a presidente da Câmara dos Representantes do país, Nancy Pelosi, ainda não firmou uma decisão sobre sua visita a Taiwan. No entanto, pontuou que, 'se ela for, pedimos para que a China não veja isso como uma mudança em nossa política, mas como algo não-novo', em coletiva à imprensa nesta segunda-feira, 1º.

Questionado sobre riscos à segurança de Pelosi e à população de Taiwan, Kirby disse acreditar 'que não há qualquer razão para risco para alguém'. Caso a visita aconteça, o Departamento irá garantir que a representante tenha uma visita segura, reiterou o secretário.

>

'Não há razão para que isso se escale.'

Kirby repetiu diversas vezes que Pelosi ainda não confirmou a viagem. A mídia local de Taiwan, porém, informa, com base em fontes, que a líder da Câmara americana deve chegar a Taipé amanhã à noite, 02.

Parlamentares do Reino Unido também planejam uma visita ao país asiático ainda neste ano, entre novembro e início de dezembro, de acordo com reportagem exclusiva do The Guardian. A viagem teria como intuito reiterar apoio democrático por parte de Londres a Taiwan, em meio às crescentes tensões com a China.

Mais Notícias

Mais Notícias