Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Noticias

Secretário inclui Viracopos em trem intercidades e prevê operação em 2021

Trem vai ligar regiões de Campinas, São Paulo, Vale do Paraíba e Santos em 477km de trilhos

| ACidadeON/Campinas

Em Campinas, parada do Trem Intercidades será em área da Estação Cultura (Foto: Divulgação/Prefeitura) 

O secretário municipal de Transportes de Campinas e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, disse nesta terça-feira (20) que o trem intercidades, que interligará as regiões de Campinas, São Paulo, Vale do Paraíba e Baixada Santista, deve iniciar suas operações em 2021.

"A fase técnica e o projeto já estão desenhados, prontos para serem implementados. Estamos em fase de adequação dos equacionamentos econômicos financeiros para tornar o projeto atrativo e viável para os investidores. A ideia é que ainda neste ano seja publicado o chamamento público da PPP (Parceria Público-Privada) e então dentro de três anos as linhas já terão condições de operar", disse Barreiro, que falou à comissão da Câmara de Campinas que trata de assuntos da Região Metropolitana.

Ele também afirmou que há possibilidade de uma interligação com o Aeroporto Internacional de Viracopos. "Além de Americana, Campinas e Jundiaí, existe a possibilidade de paradas em outras cidades da RMC. Também há o estudo de uma ligação de passageiros com o aeroporto de Viracopos", afirmou.

Serão 477 quilômetros de trrilhos. Estima-se que a demanda será de aproximadamente 160 mil passageiros por dia, sendo 70 mil da região de Campinas.

O trem intercidades é um projeto do Governo do Estado de São Paulo iniciado em 2013 e tem um custo estimado de R$ 5,4 bilhões, sendo que R$ 1,8 bilhão deve ser investido pelo Estado (os valores poderão sofrer correções em decorrência do tempo). Neste período foram realizados estudos de engenharia, ambientais, financeiros e jurídicos.

Integram a comissão da Câmara os vereadores Campos Filho (DEM), Vinicius Gratti (PSB), Luiz Cirilo (PSDB), Edison Ribeiro (PSL) e Nelson Hossri (Podemos).

DETALHES

A primeira fase do Trem Intercidades deverá ligar as cidades de São Paulo, Jundiaí, Campinas e Americana por um percurso de 135 quilômetros, com nove estações, e investimento para implantação estimado em R$ 5 bilhões.

O trem de média velocidade vai operar junto com a Linha 7-Rubi da CPTM, que já vai até Jundiaí.

Em Campinas, a estação deve ser construída no complexo da Estação Cultura, no Centro, edifício construído em 1872 e tombado em 1982 pelo Condepacc.  A área foi escolhida porque fica próxima ao Terminal Multimodal Ramos de Azevedo, o segundo maior terminal rodoviário do Estado. O projeto também pontua que será necessário um estacionamento de grandes dimensões para suportar a alta demanda de passageiros.

A fachada deve combinar duas características diferentes: uma estrutura de concreto, que compõe o sistema estrutural da nova construção, junto com janelas com fechamento em brises de proteção solar.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários

Mais do ACidade ON