Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Noticias

Ambulâncias do Samu funcionam sem rádio em Campinas

O rádio é utilizado para a comunicação de ocorrências e entre os profissionais; a Rede Mário Gatti informou que o problema será sanado em breve.

| ACidadeON Campinas

O rádio é utilizado para a comunicação de ocorrências e entre os profissionais 

As ambulâncias que funcionam como UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Campinas estão sem rádios. De acordo com a Rede Mário Gatti, o problema será sanado em breve.

O ACidade ON já mostrou que os servidores do Samu estão trabalhando com o mesmo uniforme há cerca de três anos. Tradicionalmente, o vestuário é atualizado todo ano, mas isso não vem ocorrendo.

O rádio é utilizado para a comunicação de ocorrências, e entre os profissionais. Os servidores têm um rádio portátil, chamado de HT, porém eles alegam que o aparelho também não funciona. Os celulares pessoais estão sendo usados como forma de comunicação entre os profissionais.

A Rede rechaçou a informações e disse que os servidores podem usar os rádios de mão que estão operando normalmente.

As ambulâncias sem rádio fixo são conhecidas como Alfa. Elas são de suporte avançado. Profissionais como médicos e enfermeiros fazem parte desta equipe.

As básicas funcionam normalmente com rádio. Há cerca de um ano, a Prefeitura de Campinas anunciou a locação de 15 ambulâncias para o Samu Campinas.  

Ambulâncias básicas operam com o rádio
OUTRO LADO

A Rede Mário Gatti informou que o Samu opera com ambulâncias próprias e locadas. Todas as ambulâncias locadas estão com sistema de rádio em funcionamento. Das ambulâncias alfa, próprias do Samu, as que chegaram por último estão temporariamente sem o sistema de rádio.

Para equipá-las, a Rede preparou uma licitação, que está em estágio avançado, e por meio da qual contratará uma empresa para fornecer o sistema de rádio a todas as ambulâncias próprias.

Mais do ACidade ON