Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

BLOG: Guarani e Ponte Preta deixam a desejar na Série B

Bugre e Macaca não andam bem das pernas e mostram que caminhada na temporada será sofrida

| Especial para ACidade ON

Thalles tenta jogada para a Ponte em Curitiba (Ernani Ogata/Código 19) 

Ufa, o Guarani venceu a primeira na Série B. 3 a 2 contra o Vitória na noite da última segunda-feira. Finalmente! Mesmo assim, o futebol apresentado pelo time é pobre. E o que dizer da Ponte Preta, que ainda não venceu na competição? Os dois times deixam a desejar, e muito, nessas três primeiras rodadas. 

O triunfo diante do Vitória tirou um peso das costas do técnico Vinícius Eutrópio, mas é preciso mais. O Bugre é o 17º no ranking de passes para finalização, segundo dados do Footstats, com 20 passes. Muito pouco para quem começou a Série B dizendo que sonha com o acesso. Além disso, depende de 319 passes para marcar um gol!  

É muita coisa! Líder do campeonato, o Botafogo-SP depende de apenas 200 passes para anotar um tento. 119 passes a menos. O Bugre também tem uma das piores defesas do campeonato, com quatro gols sofridos em três jogos. Precisa melhorar no fundamento se quiser sonhar alto. 

Se para o Guarani a situação é ruim, imagina para a Ponte Preta, que ainda não venceu e está na zona do rebaixamento. A Macaca precisa de 20 passes para fazer um chute, assim como o principal rival. Entratanto, depende de 1245 (!!!) passes para fazer um gol! Quase quatro vezes a mais que o Guarani! A Ponte sofreu três gols na competição, um a menos que o Bugre, mas por outro lado só balançou as redes adversárias uma vez. A corda no pescoço de Jorginho já está apertando. 

Jorginho e Vinícius Eutrópio têm cinco rodadas pela frente antes da pausa da Série B para a disputa da Copa América. O último jogo será disputado nos dias 10 e 11 de junho. Um mês para mudarem o patamar dos times. Um mês para tentarem se consolidar. Futebol brasileiro, infelizmente, não dá tempo de trabalho aos técnicos. É bom abrirem os olhos...