Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Empresa amplia catalogo e lança game de cadeira de rodas

Democratizar o Kit Livre é um dos desafios. O modelo mais barato, com motor de 350 watts e painel de LED com indicador de bateria, custa R$ 4.990.

| ACidadeON Campinas

Kit Livre atende todas as normas do Contran e o usuário não precisa ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para rodar na rua
Segundo Oliveira, o Kit Livre atende todas as normas do Contran e o usuário não precisa ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para rodar na rua
Consolidada e pioneira no mercado de adaptação em cadeiras de rodas, a empresa Kit Livre, de São José dos Campos, lançou seu primeiro triciclo para cadeirantes sem que seja necessário a adaptação em sua própria cadeira. A novidade foi batizada de Trilivre e entra no catálogo da empresa, que trabalha desde 2014 transformando qualquer tipo de cadeira de roda em triciclo motorizado.

"Esse triciclo é voltado para quem já tem o Kit Livre como um acessório da sua cadeira. O kit tradicional, que se adapta a modelos nacionais e importados por meio de um sistema de engate rápido, que o próprio usuário pode acoplar e desacoplar, sem necessidade de auxílio. É muito útil, sobretudo para pisos não pavimentados, de terra e areia. Qualquer tipo de ambiente que normalmente a cadeira de rodas não consegue superar. A ideia é trazer mais mobilidade, autonomia e independência para quem utiliza o equipamento", diz Cassius Oliveira, gerente de marketing.

Democratizar o Kit Livre é um dos desafios. O modelo mais barato, com motor de 350 watts e painel de LED com indicador de bateria, custa R$ 4.990. Os mais robustos incluem motor de 1000 ou 1500 watts, suspensão, painel de LCD com funcionalidades como velocímetro e indicadores de quilometragem rodada, tempo de uso e acionamento do farol dianteiro o preço pode ultrapassar R$ 11 mil. A velocidade é de 20 km/h e possui autonomia média de 25 km. A bateria, na maioria dos modelos demora 4 horas para uma carga completa. Os valores podem ser parcelados em até 36X com um sistema de crédito próprio da empresa.

Segundo Oliveira, o Kit Livre atende todas as normas do Contran e o usuário não precisa ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para rodar na rua, e pode sim transitar entre os carro, porém, a preferência é para ciclovias. "Não indicamos rodar na calçada devido ao desnível e irregularidade entre cada residência", explica.

As próxima feira e exibição em São Paulo da marca será na CCXP (Comic-Con SP) que acontece 6 a 9 de dezembro.

GAME
Outra novidade é o jogo em realidade aumentada Kit Livre Go. Trata-se de quatro cadeiras de rodas com Kits Livres instalados onde os jogadores, por meio de um óculos de realidade virtual, participam de uma corrida entre si sendo obrigado a manobrar o triciclo de verdade. No percurso da prova estão diversos obstáculos comuns ao dia a dia do cadeirante. "A experiência é imersiva e dura até 5 minutos quando cada jogador, sem enxergar nada fora do óculos 3D, tem que manusear e entender como pode ser difícil a rotina do cadeirante", ressalta Oliveira. O game foi apresentado na Game XP e estará no Cidade PCD RIO, que acontecerá de 07 a 09 de dezembro (sexta-feira a domingo).

Veja também