Aguarde...

ACidadeON

Voltar

colunistas e blogs

App de vídeo promove competição beneficente em apoio à ONG

Concurso de vídeos na rede social tem como objetivo gerar visibilidade e incentivar doações à organização Casa do Zezinho

| ACidadeON Campinas

 

Os autores das trinta produções mais curtidas ganharão uma sacola personalizada, feita à mão, pelos integrantes da ONG e um cartão das crianças

A rede social Vigo Video (http://www.vigovideo.net) realiza uma campanha natalina com a ONG Casa do Zezinho (www.novo.casadozezinho.org.br). Os vencedores do concurso cultural vão ganhar presentes e contribuir com um fim de ano mais feliz para os beneficiários da entidade. 

A ação consiste em uma competição de vídeos de artesanato pelo aplicativo. A ideia é que os usuários criem postagens com foco em decoração de Natal DIY, sejam tutoriais ou o resultado final. Para participar, é preciso usar a hashtag #decoracaodenatal e marcar a Casa do Zezinho (@casadozezinho) na publicação. Os posts deverão ser feitos entre 13 e 19 de dezembro e os vencedores serão anunciados no dia 20 do mesmo mês.

Os autores das trinta produções mais curtidas ganharão uma sacola personalizada, feita à mão, pelos integrantes da ONG e um cartão das crianças. Os prêmios foram comprados pela própria Vigo Video, como uma doação para a instituição. Além de ajudar a Casa do Zezinho com contribuições financeiras, a rede espera, com a divulgação, trazer visibilidade para a causa, conquistar novos voluntários e reconhecer o trabalho exercido por todos os integrantes ao proporcionar atividades de formação aos jovens.

Para Michael Douglas, analista de comunicação da entidade, a ação é muito importante por ser inédita e disseminar cada vez mais o trabalho da organização. "Esperamos que o número de doações, seguidores e associados aumente com a competição. Acreditamos que o resultado final será incrível e ajudará na propagação do trabalho que a Casa do Zezinho faz pelas crianças e jovens na Zona Sul de São Paulo há 24 anos", comenta.

A instituição auxilia na formação intelectual e estrutural de 900 jovens, entre seis e dezessete anos, em situação de vulnerabilidade social com atividades educacionais pelo esporte, artes, música e meio ambiente.


Mais do ACidade ON