Aguarde...

ACidadeON Campinas

boa

Cuidar de nós mesmos é importante e precisa ser colocado em prática

Então, hoje eu faço um convite para que você reflita em como anda cuidando dos seus sentimentos

| ACidadeON/Ribeirao


Gislaine Novembre é administradora de empresas, com MBA em Gestão de Pessoas pela FUNDACE (Foto: Weber Sian / ACidade ON)
Nos últimos dias o noticiário anda pesado. Estamos presenciando tantos acontecimentos ruins que são resultado do descontrole emocional de algumas pessoas. Então, hoje eu faço um convite para que você reflita em como anda cuidando dos seus sentimentos. 

Certamente, em algum momento da vida, você já ajudou alguém. Seja uma pessoa que passava por um problema de saúde, um filho com dificuldades ou um amigo que enfrentava uma fase difícil. Você já fez muito pelo outro. Mas e por você? O que você tem feito?  

É comum que, com a o frenesi do dia a dia, nossa atenção esteja voltada às tarefas diárias que envolvem o trabalho, a casa ou a família. Mas é muito importante reservamos um momento só nosso para prestar atenção aos nossos sentimentos e pensamentos.  

Quando isso não acontece é comum nosso corpo dar alguns avisos, seja na manifestação de dores, ou de alguma doença. Esses são sinais de algo não vai bem. É imprescindível ainda reservar um tempo para nossa espiritualidade, para nos conectarmos de forma íntima com uma energia superior, independente de qual seja sua crença.  

Tenha certeza de que cuidar de você não é ser egoísta. Nós precisamos investir em momentos que nos façam felizes. É importante incluir na nossa rotina atividades prazerosas que nos permitam sair um pouco da rotina.  

Porém, cada personalidade reage de uma forma às adversidade da vida. Existem aqueles que têm facilidade para falar sobre seus sentimentos. Outros são mais reservados e vão guardando os sentimentos ruins, até que isso se torna tão insuportável que poderá culminar em um grave descontrole emocional.  

Quando percebemos que não estamos conseguindo digerir algumas situações sozinhos é hora de pedir ajuda. Seja de um amigo, alguém da família, um psicólogo ou até um coach, no caso da necessidade de superar desafios emocionais.  

Então eu te faço esse convite. Analise como está se sentindo em sua vida. Faça um exercício de autoconhecimento e respeite seus limites. Não hesite em pedir ajuda. Você também precisa cuidar de si próprio. 
 
*Gislaine Novembre é coach e administradora de empresas, com MBA em Gestão de Pessoas

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON