Aguarde...

ACidadeON Campinas

boa

COLUNA: Ferrari lança F8 Spider; andamos no novo Corolla

Antônio Fraga traz as novidades da semana no universo automotivo

| Especial para ACidade ON

Ferrari F8 Spider (Foto: Divulgação)
A Ferrari apresentou o F8 Spider. O superesportivo é a versão conversível do F8 Tributo. O novo modelo tem dois motores, um a combustão V8 de quatro litros com 720 cv a 8.000 rpm e um elétrico de 770 Nm a 3.250 rpm. O F8 acelera de 0 a 100 quilômetros por hora em 2,9 segundos e alcança a velocidade máxima de 340 km/h. O F8 Spider é inspirado no belíssimo 308 GTS, de 1977, modelo que iniciou a geração de modelos com motor V8 e conversíveis.  

Ferrari F8 Spider (Foto: Divulgação)  

Marco Pavone e o VW ID.3 (Foto: Divulgação)
Genialidade brasileira
A Volkswagen apresentou mundialmente o ID.3, o seu primeiro carro 100% elétrico. Assim como o Fusca mudou os conceitos de produção pela sua concepção simples e motor traseiro, e o Golf fez a mesma com um design inovador, até hoje, e motor dianteiro, o ID.3 é uma terceira "geração" dessas inovações da VW.  Usando a plataforma mundial MEB, as baterias ficam sob o assoalho do veículo, o que consequentemente faz a altura da carroceria ficar mais elevada.

O time de design foi liderado por Klaus Bischoff, mas teve a contribuição de designers brasileiros Marco Pavone, Felipe Montoya e Fabio de Carlis. "O ID.3 representa uma nova concepção de design, é um carro diferenciado e tem todo potencial para ser icônico", diz Marco Pavone, chefe de design exterior na Alemanha. Aliás, Marco é irmão do chefe de design da Volkswagen do Brasil, José Carlos Pavone.  

Futuro elétrico
E por falar de carro elétrico, até o final do ano, a Volkswagen do Brasil lança no mercado nacional o Golf híbrido, já à venda na Europa. Mas o presidente para a América Latina, Pablo Di Si, confirmou que há estudos entre os modelos que estão sendo desenvolvidos pela matriz, para lançar um totalmente elétrico no Brasil

Land Rover Defender: acabamento de primeira (Foto: Divulgação)

A volta do valente
Um modelo icônico no segmento off-road é o Defender, da Land Rover. O modelo original foi apresentado em 1948 no Salão do Automóvel de Amterdam e desde então poucas alterações foram feitas ao longo desses quase 70 anos. Agora no Salão do Automóvel de Frankfurt, a Land Rover lançou os modelos 90 e 110 como eram antigamente. O modelo 90 possui duas portas e capacidade para até cinco lugares e o 110, de quatro portas, pode transportar de cinco até sete pessoas.  

Os novos modelos, segundo a marca, estão ainda mais competentes no uso de transposição de obstáculos, afinal hoje contam com toda a eletrônica disponível. Mas em termos de acabamento, não têm comparação. Os novos Defender estão muito mais confortáveis e bem acabados. No lançamento, foram apesentados os modelos com opção de dois motores à gasolina e dois a diesel. As vendas começam no próximo trimestre.  

Land Rover Defender ganhou versão de Lego (Foto: Divulgação)

Valente em pedaços
E para marcar o lançamento do novo Land Rover Defender, a marca anunciou uma parceria com a Lego para produção do modelo em miniatura e de montar. O modelo de brinquedo conta com 2.573 peças.  
 

Novo Corolla ficou bonitão (Foto: Divulgação)

Andando com o Corolla  
Uma coisa é muito clara no lançamento do novo Corolla, a preocupação em deixar o modelo mais atual e com mais tecnologia, mas sem radicalismos. Afinal, é isso que o tradicional e fiel consumidor do Corolla quer e gosta. O "Andando de carro" avaliou as versões Altis Hybrid e XEi 2.0.  

E isso não é demérito, afinal, apesar de ter um status de carro de luxo no Brasil, que não tem no mundo todo, o carro é confortável, agradável de dirigir e traz a certeza de muitos anos de confiabilidade.  O apelido de carro de "velho" ou de "tiozão", a partir desta geração, o Corolla não tem mais. O modelo ficou bonito, com linhas mais modernas. O acabamento é sóbrio, mas de boa qualidade. Aquele relógio do Del Rey sumiu, mas ainda guarda alguns itens de longa data. 

O test drive muito curto não permitiu tirar grandes conclusões, mas uma coisa é verdade: o Corolla, apesar do modelo anterior já ser bom, melhorou muito em termos de silêncio, maciez e estabilidade. Em grande parte, pela nova suspensão traseira Multilink.  

Outra surpresa agradável é a nova geração de motores. Apesar dos câmbios serem CVT, eles agradam e, graças a uma engenhoca, dão a sensação de que está havendo a troca de marchas. O motor de dois litros com 177 cavalos é bem elástico e tem boa aceleração. Quando se pensava que o motor Hybrid iria abafar o 2.0, ele se mostrou valente e surpreendente.  

Obviamente, a atração era o motor híbrido e flex. É o primeiro no mundo e ainda está na moda. O motor elétrico "entrega" toda a potência de uma só vez, diferente dos motores a combustão, que vão entregando aos poucos. Por isso, desde o início do pisar no acelerador, o motor é bem esperto. Logicamente que a prioridade é a economia, e por isso, o Corolla Hibrid chega a fazer quase 17 quilômetros por litro de média. Na estrada é possível ultrapassar os 20 quilômetros por litro.  

A nota ruim é para o banco traseiro. No modelo só flexível, é muito confortável e o acesso, fácil. Porém, no híbrido, como as baterias ficam debaixo do banco, ele é mais elevado, não sendo tão confortável e dificultando o acesso do passageiro, que, se não tiver cuidado, bate a cabeça na coluna. Precisaria de uma outra solução.  

 

F3 800 ganhou as cores da Unicef (Foto: Divulgação) 

Caridade em alto estilo
E a MV Agusta, tradicional marca italiana de motocicletas esportivas, produziu uma versão especial e única da F3 800 com as cores da Unicef, branca e azul, nas laterais da carenagem e o logo da entidade. O modelo F3 800 Edizione Speziale Unicef, com motor de 3 cilindros em linha, 148 cavalos e velocidade máxima de 240 km/h, foi produzido para um leilão, realizado em Porto Cervo, na Sardenha, lugar frequentado por artistas e endinheirados (mas muito). A motocicleta rendeu 100 mil euros e a soma foi destinada para a Unicef usar no apoio à defesa dos direitos da criança.

Continua o inferno
Depois do mega escândalo de irregularidades e desvios de dinheiro que gerou a prisão e a demissão do todo poderoso da Renault/Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, mais um escândalo chega à marca japonesa. O executivo chefe Hiroto Saikawa anunciou que vai renunciar na próxima segunda-feira (16/09), após terem se tornado públicas as suas altas remunerações. Uma investigação concluiu que Saikawa e outros altos executivos receberam altas remunerações como parte do programa de incentivos que pagava bônus pelo desempenho das ações.

Corrida de Fuscas GT-Oil agita Interlagos (Foto: Divulgação)  

Pura diversão
O Autódromo de Interlagos vai receber neste final de semana (14 e 15 de setembro) mais uma edição da tradicional corrida de Fuscas GT-Oil. O evento começou na década de 80 e já conta com 25 participantes nas duas categorias: motor EA 111 (motor a água) e motor 1.600 a ar (convencional).  

Jogadaça política
Apesar de muito festejada, a compra das instalações da Ford e da operação da Ford Caminhões ainda não está sacramentada. Mas o empenho do governador de São Paulo, João Dória, em salvar os empregos de 850 trabalhadores e escapar dessa "derrota" política, está bem encaminhado.  

Com toda a certeza, o "Doutor", como é conhecido o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, da Caoa, quer vantagens. Inteligente e com tino comercial ímpar, não vai pegar uma operação para ter prejuízo. A negociação da Ford e Caoa é completamente diferente do anúncio no início do ano da GM. A empresa anunciou que ia fechar fábricas em São Paulo. Será? Claro que não. Enquanto anunciava o fechamento e o corte de funcionários, fazia uma enorme reforma na sua sede de São Caetano do Sul. Quem vai fechar uma operação industrial faz uma mega obra para modernizar e aumentar a produção?

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON