Publicidade

brasilemundo

Homem faz esposa refém e é detido pela GM em Limeira

Mulher pediu socorro à guardas municipais depois que o marido a ameaçou com uma faca; homem chegou a atacar equipe

| ACidadeON Campinas -

Viaturas da GM e o Samu foram até o local (Foto: Wagner Morente)
Um homem de 51 anos foi detido pela GM (Guarda Municipal) de Limeira depois de ameaçar a esposa com uma faca e mantê-la refém na tarde desta terça-feira (14). A mulher não ficou ferida e o suspeito foi levado à Santa Casa da cidade para passar por exames. 

De acordo com a corporação, os guardas municipais estavam em patrulhamento pelo bairro Cecap quando a vítima pediu ajuda deles. Segundo ela, o companheiro estava agressivo e segurava uma faca para cortar carnes dentro da residência. No local, os agentes foram recebidos com violência. 

"A mulher disse que tinha medida protetiva contra ele. Tentamos uma negociação e ele esboçou uma reação contrária, vindo a agredir a equipe e se escondeu dentro da residência. Foi solicitado apoio, uma vez que ele tinha várias armas brancas, entre elas ferros e tijolos, que chegou a jogar contra a equipe", afirmou o GM Santos. 

Outras equipes da GM foram até o imóvel. Enquanto uma parte dos guardas conversou com o homem, outros agentes conseguiram entrar na casa, onde o marido da vítima se escondia em um porão. Sem conseguir o acordo para que ele se rendesse, os guardas decidiram usar munição de borracha para obrigá-lo a se entregar. 

"Nesse momento, houve a necessidade do uso da munição de elastômero (bala de borracha) para contê-lo. Depois disso, ele acabou se rendendo à equipe e está sendo conduzido para a Santa Casa. A princípio, não sabemos dizer se ele agrediu a esposa, mas vinha ameaçando a vítima", disse o GM Silva. 

O homem, que não teve identidade revelada, foi encaminhado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) à unidade hospitalar, onde passaria por avaliações médicas. O caso foi registrado na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) da cidade.

Mais notícias


Publicidade