Publicidade

brasilemundo

EUA vão abrir fronteiras com Canadá e México a viajantes vacinados

Medida deve entrar em vigor no início de novembro

| ACidadeON Campinas -

 

Estados Unidos vão abrir as fronteiras para Canadá e México (Foto: Pixabay)

Os Estados Unidos (EUA) vão abrir, no início de novembro, as fronteiras terrestres com o México e o Canadá aos viajantes vacinados contra a covid-19, em deslocações consideradas não essenciais, anunciou a Casa Branca.

O secretário para a Segurança Interna dos Estados Unidos, Alejandro Mayorkas, disse que a data precisa será conhecida em breve, quer para as viagens por via terrestre e marítima, quer para as viagens internacionais por avião, de acordo com um comunicado oficial.

Em março do ano passado, os Estados Unidos, o país mais atingido no mundo pela covid-19 em número de mortos e casos, fecharam as fronteiras a milhões de visitantes procedentes da União Europeia (UE), do Reino Unido e da China, posteriormente da Índia e do Brasil e também a quem entrava por via terrestre do México e do Canadá.

A abertura das fronteiras vai ter duas fases. Inicialmente, as vacinas serão obrigatórias para viagens não essenciais, como turismo ou visitas a familiares, mas essa obrigação não será aplicada às viagens consideradas essenciais, que foram sempre autorizadas.

Depois, a partir do início de janeiro, todos os viajantes, independentemente do motivo do deslocamento, terão de estar totalmente vacinados.

Os centros de prevenção e controle de doenças norte-americanos já comunicaram às companhias aéreas que "todas as vacinas aprovadas pela agência reguladora de medicamentos norte-americana (FDA) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) serão aceitas para as viagens de avião". 

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade

Últimas Notícias

Correios instalam terminal de autoatendimento locker na Paulista
Pfizer defende eficácia de vacina infantil; no Brasil, há mais desafios
País chega a 51% da população com vacinação completa contra a covid-19
Rússia bate novo recorde de mortes por covid-19
Vacina da Pfizer-BioNTech em crianças de 5 a 11 anos atende a critérios, diz FDA
Semana Lixo Zero quer incentivar práticas sustentáveis no país
Morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes por ano no país
Municípios investem 34% a mais em saúde, mas quadro fiscal preocupa
Rio pode liberar máscaras em locais abertos na próxima semana
Moscou adotará medidas de lockdown para conter alta da covid-19
Polícia Federal investiga crimes de corrupção contra Petrobras
Dez anos após morte de Kadafi, Líbia é criticada por crise humanitária
Covid-19: nova mutação da delta foi identificada nos EUA, mas não provocou surtos
Enchente atinge pelo menos 100 casas em Ouro Preto
Ricardo Boechat é homenageado com nome em viaduto na cidade de SP
China elabora lei que pune pais por mau comportamento dos filhos
Cão morre em voo da Latam e aérea suspende transporte de pets por 30 dias
Jacarezinho: Justiça determina afastamento de dois policiais acusados de mortes
Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência
Ex-presidente americano Bill Clinton recebe alta após tratar infecção

Publicidade

Viu Essa?

Entenda polêmica envolvendo Zé Felipe, Jade Picon e Neymar
Entenda como funciona arma disparada por Alec Baldwin que matou Halyna Hutchins
Não há palavras para expressar meu choque, diz Alec Baldwin sobre acidente

Mais notícias


Publicidade