Publicidade

brasilemundo

Ataque com faca em ônibus deixa três mortos em Piracicaba

Outros passageiros foram socorridos e levados para hospitais de Piracicaba; homem foi preso pela Polícia Militar

| ACidadeON Campinas -

Homem que matou três pessoas e feriu outras três foi preso em Piracicaba (Foto: Reprodução/Redes sociais)

*Matéria atualizada às 20h20 de 21 de junho de 2022 
 
Um homem esfaqueou e matou três pessoas que estavam dentro de um ônibus do transporte público de Piracicaba na tarde desta terça-feira (21). Outras três pessoas foram socorridas e o autor do ataque foi preso logo em seguida.

Segundo o Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) da PM (Polícia Militar), o homem entrou no coletivo no Terminal Urbano. Minutos depois, atacou as vítimas na Avenida Armando Salles de Oliveira, no Centro da cidade.

O ataque aconteceu na altura do cruzamento com a Rua Regente Feijó e o homem foi preso pelos policiais dentro do veículo. Diversos vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o momento em que ele é algemado do lado de fora.

Em entrevista à EPTV Campinas, o Baep confirmou que o homem é de Piracicaba, mas diz não ter indícios do que teria motivado o ataque nesta tarde.    
 
VÍTIMAS SOCORRIDAS

Duas vítimas foram encaminhadas para o HFC (Hospital dos Fornecedores de Cana) de Piracicaba. Um delas é um homem de 28 anos que permanece em estado grave. A outra é uma mulher de 60 anos, que apresenta quadro estável.

A terceira vítima é uma idosa que não teve a idade detalhada e não foi atingida por facadas. Ela teve uma crise nervosa e foi levada a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade.

EMPRESA SE MANIFESTA

No final da tarde, a TUPi Transporte, responsável pelo serviço de transporte público coletivo de Piracicaba, emitiu uma nota na qual alega "profunda tristeza" e "manifesta apoio e solidariedade às vítimas e seus familiares".

O texto detalha que o ataque aconteceu na Linha 444 Sônia/ centro e que as "informações indicam que uma pessoa atacou deliberadamente quem estava em sua frente com uma faca vitimando pessoas e ferindo outras".

"O homem foi preso e a TUPi está acompanhando o caso e em contato com as autoridades locais e a prefeitura municipal", argumenta o comunicado.

Ataque em Piracicaba mobilizou PM, bombeiros e Samu (Foto: Reprodução/Redes sociais)

LEIA MAIS
Homicídio em Paulínia: esposa da vítima não sabia de celulares
Homem morre atropelado por carro desgovernado em Campinas

MULHER É PRESA


Uma mulher de 31 anos foi detida na noite de ontem (20) em Paulínia, acusada de esfaquear o vizinho, de 38 anos, depois de um desentendimento. O homem teve ferimentos graves.

Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu em um cortiço no bairro Santa Terezinha, onde a mulher e a vítima moram.

Em depoimento aos policiais, a mulher contou que os dois discutiram em uma área comum, mas em seguida o vizinho teria entrado na casa dela e a ameaçado com uma faca. No relato, a mulher disse que conseguiu desarmar o homem e o feriu no abdômen, com outra faca maior.

Vizinhos acionaram os policiais, que conduziram a mulher para a delegacia de Paulínia, onde ela foi ouvida e liberada. Segundo a polícia, ela vai responder por lesão corporal, em liberdade. As duas facas foram apreendidas para perícia.

O homem foi socorrido ao Hospital Municipal de Paulínia com ferimento grave. Segundo o hospital, ele foi submetido a cirurgia ontem, com lesões em intestino delgado. O homem segue em cuidados na UTI, onde permanece intubado.

LEIA TAMBÉM
PF cumpre mandados na região de Campinas contra mega-assalto em Araçatuba



Publicidade