Publicidade

Conteúdo Patrocinado

ACidade ON - Campinas
  •  

Determinação é para que todos usem máscara quando for necessário sair de casa

Campinas ainda vai receber mais 75 mil unidades que serão doadas por mais duas cidades chinesas


O vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira, o secretário André Von Zubem e o diretor Tak Chung Wu. Foto: Crédito: Divulgação PMC

Os profissionais de saúde da Prefeitura de Campinas que estão à frente do combate ao Coronavírus contam, a partir de agora, com um reforço de máscaras para a realização do seu trabalho. Mais 30 mil unidades, cedidas gratuitamente pela cidade-irmã Fuzhou, da China, foram retiradas da alfândega e estão prontas para utilização. Na sequência, a Prefeitura ainda aguarda a doação de mais 75 mil máscaras que serão enviadas por mais duas cidades chinesas: Dongguan, com 50 mil unidades, e Jiangmen, com 25 mil.

No momento da retirada das máscaras, que ocorreu na manhã de terça-feira, 19 de maio, a Prefeitura esteve representada pelo vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, André Von Zuben, e pelo diretor do Departamento de Cooperação Internacional, Tak Chung Wu.

Para demonstrar a preocupação e reforçar os laços fraternos de união, em todas as caixas, o governo o governo da cidade chinesa estampou uma frase em português: "PERMANECEMOS JUNTOS ATRAVÉS DE TEMPESTADES E TENSÕES".

Se por um lado os profissionais de saúde têm nas máscaras um equipamento essencial para seu trabalho, por outro, o prefeito Jonas Donizette tem feito apelos constantes para que a população não deixe de usar essa proteção quando for extremamente necessário sair de casa. Pelo decreto publicado no último dia 5 de maio, desde 7 de maio, todas as pessoas precisam usar esse equipamento de proteção.

"A ajuda das cidades chinesas é muito importante e todos nós agradecemos essa colaboração. E, também muito importante, reforçarmos a necessidade de que nossa população compreenda a necessidade do uso de máscara nos locais fechados que prestam serviços essenciais, como os supermercados, por exemplo. No decreto, recomendamos que as pessoas usem também máscaras nas ruas", enfatiza o prefeito Jonas Donizette em suas entrevistas e transmissões pelas suas redes sociais. 

A distribuição gratuita de máscaras ocorre há duas semanas e acontece em terminais do transporte coletivo e pontos estratégicos da cidade. Foto: Crédito: Divulgação PMC

O secretário de Saúde, Carmino de Souza, fez questão de agradecer o apoio do Aeroporto Internacional de Viracopos, da Receita Federal, da Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado e da "BR Aduana" (Despachante Aduaneira), que não cobrou pela prestação do Serviço). "Nós não temos muita experiência nessa tramitação e a ajuda foi muito importante para liberação rápida", ressaltou

Orientação   

Os estabelecimentos comerciais e todo tipo de transporte devem obrigar clientes e passageiros a utilizar máscaras. Foto: Crédito: Divulgação PMC

A obrigatoriedade da utilização de máscara no transporte, além dos coletivos, inclui também táxis e transporte por aplicativo, tanto para motoristas como para os usuários. A determinação é que os motoristas orientem os passageiros a colocar o equipamento e os que se negarem a colocar máscara sejam impedidos de utilizar qualquer o transporte.

Mais notícias