Agentes de segurança começam a ser vacinados nesta segunda-feira Agentes de segurança começam a ser vacinados nesta segunda-feira

Agentes de segurança começam a ser vacinados nesta segunda-feira

A partir desta segunda-feira (5), todos os agentes de segurança que atuam no estado de São Paulo serão vacinados contra a covid-19

Posto de vacinação no 47º Batalhão, em Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)
A partir desta segunda-feira (5), todos os agentes de segurança que atuam no estado de São Paulo serão vacinados contra a covid-19. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), serão disponibilizadas 180 mil doses do imunizante em 76 unidades da Polícia Militar. 

Estão incluídos nessa fase da imunização os profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, Guardas Civis Metropolitanos, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. 

Em Campinas, pontos de vacinação foram montados no 8º e 47º Batalhão de Polícia Militar, e na sede do CPI 2 (Comando de Policiamento do Interior) na Vila Industrial. Os postos recebem agentes de segurança de Campinas e cidades da região. A vacinação em Campinas tinha previsão de inicio às 8h, mas atrasou, sendo que as vacinas chegaram aos locais por volta de 9h30. 


De acordo com a SSP, a vacinação vai acontecer em unidades da PM para evitar aglomerações nos postos de saúde, onde o restante da população dos grupos prioritários é imunizada.  

A pasta sugere que os profissionais que podem receber a vacina façam o pré-cadastro prévio no site www.vacinaja.sp.gov.br a ação não é obrigatória, mas agiliza a aplicação do imunizante.   



Profissionais da Educação 

A partir do dia 12, começam a ser vacinados também os profissionais da Educação em todo o estado. Serão imunizadas 350 mil pessoas, entre professores e demais funcionários de escolas estaduais, municipais e privadas com mais de 47 anos. 

De acordo com o governo, esse público equivale a 40% de todos os profissionais da educação básica em São Paulo. Para evitar fraudes, os funcionários de escolas particulares terão de apresentar os dois últimos contracheques no momento da vacinação.

Mais Notícias

Mais Notícias