Com lotação covid-19, Mário Gatti e Ouro Verde passam a atender somente casos urgentes Com lotação covid-19, Mário Gatti e Ouro Verde passam a atender somente casos urgentes

Com lotação covid-19, Mário Gatti e Ouro Verde passam a atender somente casos urgentes

Outros três centros de saúde ficarão exclusivos para atendimento covid-19

Hospital Ouro Verde, em Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)
A partir desta segunda-feira (15) a Prefeitura de Campinas vai restringir os atendimentos nos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. Os dois hospitais municipais passam a atender a partir de hoje somente casos de urgência, emergência e trauma- ou seja, apenas casos mais graves.

A mudança foi tomada por causa da pressão na rede de saúde, com aumento dos casos de covid-19 e para evitar um colapso na saúde, segundo a Prefeitura. Ontem (14)100 pacientes aguardavam na fila de espera por leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ou enfermaria em Campinas. Na última semana, o número se manteve, com rotação de pacientes em busca de leitos no Hospital Mário Gatti, Ouro Verde e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Além da mudança, três centros de saúde serão colocados como exclusivos para atendimento à pacientes com sintomas da covid-19. São eles as UBSs São Bernardo, Capivari e Costa Silva, que estão perto dos hospitais.  

LEIA TAMBÉM 
Com superlotação, Dário convoca reunião com hospitais e convênios de Campinas

De acordo com a Secretaria de Saúde, os hospitais que atendem pelo SUS Municipal seguirão recebendo pacientes com covid-19, mas de forma referenciada- somente transferidos de outras unidades. 

A orientação é para que moradores com outros quadros de saúde procurem as demais unidades de atenção básica, na tentativa de descongestionar os hospitais. 

'Esta mudança é uma nova estratégia para otimizar recursos humanos e leitos. Estamos fazendo o possível para aumentar a rede de atendimento, mas não temos como ampliar indefinidamente a estrutura. Por isso é importante que a população colabore, para conter a transmissão do vírus', disse o prefeito Dário Saadi

Os demais Centros de Saúde também terão horários reorganizados para otimizar o atendimento de pacientes com síndromes gripais. 

As UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) Anchieta Metropolitana, Campo Grande e São José não terão mudança no funcionamento. A UPA Carlos Lourenço está operando como hospital de campanha Covid.

Mais Notícias

Mais Notícias