Mesmo com mais leitos, ocupação de UTI-Covid sobe em Campinas Mesmo com mais leitos, ocupação de UTI-Covid sobe em Campinas

Mesmo com mais leitos, ocupação de UTI-Covid sobe em Campinas

Campinas ganhou mais 15 leitos, mas a taxa de ocupação de UTI-Covid voltou a crescer na cidade

(Foto: Prefeitura de Campinas) 

Mesmo com um acréscimo de 15 leitos de UTI (Unidade de Tratamento de Intensivo) exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular, a taxa de ocupação voltou a crescer em Campinas nesta segunda-feira (1º).

Na última sexta-feira, quando a cidade possuía 239 leitos, a taxa estava em 81,56%.Hoje, segunda a Prefeitura, Campinas conta com 254 leitos, sendo que 212 estão ocupados, o que corresponde a 83,46%. Há 42 leitos livres somando as redes pública e particular.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:


SUS Municipal: 100 leitos, dos quais 86 estão ocupados, o que equivale a 86%. Há 14 leitos livres.

SUS Estadual: 17 leitos, dos quais 16 estão ocupados, o que corresponde a 94,12%. Há um leito livre.

Particular: 137 leitos, dos quais 110 estão ocupados, o que equivale a 80,29%. Há 27 leitos livres.

Mais Notícias

Mais Notícias