A dois dias do Natal, ruas do Centro têm movimento intenso A dois dias do Natal, ruas do Centro têm movimento intenso

A dois dias do Natal, ruas do Centro têm movimento intenso

Consumidores lotaram a Rua 13 de Maio nesta manhã (23) para as compras de Natal; fase vermelha fechará comércio nesta sexta

Fase vermelha da quarentena fechará o comércio nesta sexta (Foto: Karen Fontes/Código 19)

Na antevéspera do Natal, as ruas de comércio de Campinas amanheceram lotadas nesta quarta-feira (23). Na 13 de Maio, principal corredor de compras popular, no Centro, o movimento era intenso e muita gente circulava sem máscara e sem respeitar o distanciamento social mínimo de 1,5 m para evitar a proliferação do coronavírus.

LEIA TAMBÉM 
Estado vai retornar à fase vermelha; relembre as regras
Três estabelecimentos são autuados pela fiscalização da Covid-19

Mesmo com todas as recomendações das autoridades de saúde e o alto risco de contaminação da covid-19, muita gente foi às compras e o alerta para evitar as aglomerações foi ignorado.  

Durante o tempo em que a equipe da EPTV Campinas esteve na região central nesta manhã, nenhum agente da Guarda Municipal ou da Prefeitura esteve no local para fazer a fiscalização. Além disso, foi notado que muitas lojas não realizaram o controle de entrada de clientes, umas das medidas sanitárias obrigatórias para o controle da doença.  Vale destacar que na atual fase os comércios devem funcionar com a capacidade de ocupação em 40%.

O comerciante Dirceu Calisto conta que nunca viu o Centro tão movimentado assim. 'Estou achando que tem muita gente na rua. Nem quando não tinha pandemia não se via tanta gente assim. Está muito fora de controle. Uns vêm fazer compras e traz quatro pessoas junto. Para que isso? Não tem necessidade', pontuou. 

Além da proximidade do Natal, o movimento intenso também se explica pelo fato de que, na última terça (22), o governo de São Paulo anunciou que todo o Estado irá retroceder à fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de combate ao coronavírus.  

A medida vai valer durante dois períodos: nos dias 25 (Natal), 26 e 27 de dezembro, nos dias 1º (Ano Novo), 2 e 3 de janeiro de 2021. A intenção é conter o avanço de casos e mortes por covid-19. Relembre as regras da fase vermelha da quarentena de combate ao coronavírus clicando neste link.

Mais Notícias

Mais Notícias