Censo 2022: coleta de dados começa; Campinas tem 600 vagas Censo 2022: coleta de dados começa; Campinas tem 600 vagas

Censo 2022: coleta de dados começa; Campinas tem 600 vagas

Ação do IBGE deveria ter acontecido em 2020, mas foi adiada por causa da pandemia; Em Campinas, mais de 452 mil endereços devem ser visitados

Recenseadores do IBGE começam, nesta segunda-feira (1º), a coletar os dados para o Censo 2022 (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Começou, nesta segunda-feira (1º), a coleta de dados para o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As entrevistas deveriam ter acontecido em 2020, mas por causa da pandemia da covid-19, o trabalho foi adiado. 

Em Campinas, a ação começou às 7h desta segunda, mas ainda é necessária a contratação de mais recenseadores para percorrerem todos os bairros da cidade. De acordo com o IBGE, em Campinas são 452.866 domicílios a serem visitados e 1.305 profissionais devem fazer o trabalho. 

Segundo a coordenadora censitária do IBGE, em Campinas, Miria Borges de Amorim, quase metade dessas vagas ainda não foram preenchidas. São mais de 600 recenseadores que devem ser contratados. Os interessados devem acessar o site do IBGE (clique aqui) para se candidatar.  
 
LEIA MAIS 
 
Campinas rompe contrato e prevê multar Consórcio BRT por atraso em obras
 
Hopi Hari abre mais 40 vagas de emprego em Vinhedo

Vestibular da Unicamp, em Campinas, abre inscrições; veja como fazer


FORMAÇÃO 

Após a aprovação no processo seletivo, é preciso ainda fazer um treinamento específico, com etapas à distância e presencial. Só depois do treinamento os recenseadores estão aptos a cumprir a função de visitar os lares brasileiros. 

QUESTIONÁRIOS 

No Censo 2022 são dois tipos de questionário. A maior parte dos entrevistados deve responder ao mais curto, que leva cerca de 5 minutos para ser preenchido. Já 11% dos domicílios devem receber o mais longo, que leva cerca de 16 minutos para ser respondido 

COMO IDENTIFICAR OS RECENSEADORES 

Além do déficit de profissionais, outro desafio é que a população receba os recenseadores e respondam às perguntas. Para evitar qualquer receio por parte dos moradores, o IBGE explica que os recenseadores estarão uniformizados e podem ser identificados pelo site do instituto (clique aqui) ou pelo telefone 0800 721 8181, que está disponível para a população tirar qualquer dúvida sobre o Censo. 

Os recenseadores estarão sempre com o colete do IBGE, boné do censo e um crachá, que traz um QR Code que leva diretamente para a área de identificação do site do instituto. Assim, o cidadão deve fornecer o nome, matrícula ou CPF do recenseador. 

Para disseminar o máximo de informação e orientação para a população, o IBGE fez parcerias com associações de administradoras de imóveis e condomínios e sindicatos de representações habitacionais.  
 

Quem quiser confirmar a identidade do recenseador pode acessar o site do IBGE (Foto: Reprodução/internet)
SOBRE O CENSO 2022 

O Censo Demográfico 2022 começa nesta segunda-feira em 5.570 municípios do país. Os recenseadores do IBGE vão visitar cerca de 89 milhões de endereços. A estimativa é de que sejam contabilizados cerca de 215 milhões de pessoas. O custo total da pesquisa é de R$ 2,3 bilhões. 
 
LEIA TAMBÉM 
Entenda as diferenças: Autônomo, Profissional Liberal e MEI

Mais Notícias

Mais Notícias