Homem é acusado de matar cunhada esfaqueada após briga por balada Homem é acusado de matar cunhada esfaqueada após briga por balada

Homem é acusado de matar cunhada esfaqueada após briga por balada

Vítima de 17 anos teria socado namorado após ele convidar irmão para sair em Americana; guarda encontrou mulher ferida na rua e homens foram presos

Após ser esfaqueada, mulher foi encontrada deitada na rua (Foto: Divulgação/GM)

Um homem de 22 anos é acusado de matar a cunhada de 17 na noite de sábado (27) em Americana após uma briga para sair com o irmão, que namorava a vítima, para uma balada. Segundo a GM (Guarda Municipal), o caso ocorreu no bairro Jardim São Fernando e os homens foram presos. A vítima chegou a ser encontrada com vida, mas inconsciente, deitada na rua Serra da Saúde. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

A GM informou que os três estavam juntos quando o namorado da vítima, de 26 anos, falou para o irmão ir com ele a uma balada. Segundo o homem, o convite foi em tom de brincadeira, mas a vítima não gostou e começou a dar socos no rosto do namorado. Neste momento, o irmão pegou uma faca de cozinha e tentou esfaquear a cunhada. Ele admitiu estar alcoolizado.

Nisso, a mulher também foi até a cozinha e pegou outra faca. Ambos foram para a rua, e o homem desferiu dois golpes na mulher, sendo um no ombro esquerdo e outro no tórax. De acordo com a guarda, o namorado assistiu a cena mas não interviu. Ela foi encontrada deitada no chão, com vários hematomas no corpo, além das facadas.

A vítima foi levada então, de ambulância, a um hospital de Americana, mas não resistiu. Os dois homens foram presos por feminicídio e violência doméstica, sendo o cunhado pela autoria e o namorado como coautor. Ambos permanecem à disposição da justiça e duas facas foram apreendidas. O caso foi registrado pelo 3º DP de Americana.

Mais Notícias

Mais Notícias