Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

Ouro Verde: servidor afastado continuou recebendo por produtividade

Anésio Corat Júnior é investigado por operação do Gaeco e foi afastado, mas continuou recebendo bonificação

| ACidadeON/Campinas

Anésio, investigado pela Operação Ouro Verde, durante entrevista 

O servidor público Anésio Corat Júnior, investigado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) por supostos desvios de verba pública do Hospital Ouro Verde, continuou recebendo por produtividade pela Prefeitura de Campinas mesmo estando afastado desde o dia 1º de dezembro de 2018.

De acordo com o Portal da Transparência, nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, ele recebeu por mês R$ 142,92 (num total de R$ 428,76) identificado na folha de pagamento como prêmio produtividade - um bônus oferecidos para profissionais da saúde.

Anésio, porém, não estava trabalhando para poder receber esse bônus por produtividade.  

Anésio recebia um salário mensal de cerca de R$ 18 mil. Na última nomeação, estava em cargo comissionado como diretor de departamento, junto ao Departamento de Prestação de Contas, da Secretaria Municipal de Saúde.

Na casa dele foram encontrados cerca de R$ 1,2 milhão pelo MPE.

OUTRO LADO

A Prefeitura de Campinas informou, através de nota oficial, que "o servidor recebeu de forma indevida o prêmio produtividade no valor de R$ 142,92 durante três meses, totalizando R$ 428,76. O montante terá que ser devolvido aos cofres públicos e o desconto será feito na folha de pagamento do mês de março".

Quando foi afastado, ele perdeu a gratificação do cargo comissionado, equivalente a cerca de R$ 5 mil. Como ele não foi condenado, segue recebendo um salário de R$ 13 mil, de onde será feito o desconto.  

Procurado, Anésio se pronunciou e afirmou que "o controle dos códigos que são pagos no holerith é de responsabilidade do RH. Estou pronto a devolver qualquer tipo de código e respectivo valor para os cofres públicos, desde que seja notificado pelo RH, sobre o valor e como proceder."


Mais do ACidade ON