Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Cotidiano

Campinas ganha 1º parque infantil adaptado para deficientes

Brinquedos que podem ser usados por crianças cadeirantes foram instalados na Pedreira do Chapadão

| ACidadeON/Campinas

Cadeira de rodas pode ser acoplada em brinquedos (Foto: Luciano Claudino/Código 19) 

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania de Campinas inaugurou neste domingo (4) o primeiro parque infantil da cidade adaptado para pessoas com deficiência. O parque funciona na Pedreira do Chapadão.

São quatro brinquedos "híbridos", que podem ser usado tanto por crianças que têm deficiência quanto pelas que não têm: gira-gira, balanço para crianças maiores, balanço para crianças menores e a casinha do tarzan. O gira-gira e o balanço permitem que cadeiras de rodas sejam acopladas.

A secretária Eliane Jocelaine Pereira disse que o parque custou R$ 19 mil e foi custeado por uma empresa privada por meio de um termo de compensação ambiental.

"Trabalhamos muito a questão da inclusão na primeira infância, para formarmos cidadãos mais conscientes e menos preconceituosos", disse Eliane.

Segundo ela, a Prefeitura tem o plano de construir mais cinco parques similares, em regiões diferentes da cidade, até o fim do ano. "Neste caso, será usada a verba do Fundo Municipal da Criança do do Adolescente, e as licitações já estão em andamento", disse a secretária. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
1 comentários
  • Evandro
    05/03/2018 09:46:35
    não tem mais que obrigaçao, crianças deficientes tbm sao GENTE e tem que ser feitas mais e mais ... pois nao existe criancas deficientes apenas no Chapadao #FicaADica

Veja também