Aguarde...

Cotidiano

Covid-19: leitos continuam lotados e taxa de ocupação é de 86,63%

Taxa reduziu desde ontem, porém segue acima de 80%, considerada preocupante para a rede de saúde durante pandemia de covid-19

| ACidadeON Campinas

Leitos de Campinas continuam com alta taxa de ocupação (Foto: Carlos Bassan/PMC) 

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de Campinas continua alta, chegando a 86,63% nesta quinta-feira (9). Apesar de ainda estar acima de 80%, considerado preocupante para a rede de saúde durante a crise de covid-19, a taxa caiu desde ontem, quando estava em 88,65%.

De acordo com o balanço pela Prefeitura de Campinas, dos 389 leitos da rede pública e privada, 337 estão ocupados. Há, portanto, 52 leitos livres exclusivos para pacientes com o novo coronavírus hoje.

Como tem ocorrido desde o começo de junho, a maior taxa de ocupação acontece nos leitos SUS municipal e estadual. Nesta quinta, no SUS do município, a taxa é de 92% de ocupação. Dos 145 leitos, 134 estão ocupados.

Já no SUS Estadual, que compreende o Ame (Ambulatório Médico de Especialidades) e o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, a taxa é de 88%. Dos 86 leitos, 76 estão com pacientes.

Na rede particular, a taxa é de 80%. Dos 158 leitos, 127 estão ocupados. Ainda hoje, Campinas chegou hoje 421 pessoas mortas pela doença e já somou 11.192 casos de pessoas infectadas pela doença (leia mais aqui).


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON