Aguarde...

Cotidiano

Ocupação em leitos de UTI cresce e chega a 89,61% na rede

Campinas tem nesta sexta-feira (10) tem 18 leitos de UTI para covid-19 na rede pública de saúde; na rede particular, são 22 vagas

| ACidadeON Campinas

Leito no Hospital Ouro Verde (Foto: Fernanda Sunega/PMC) 

Campinas registrou aumento na taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) destinados à pacientes com covid-19 na rede pública e privada. Nesta sexta-feira (10), o número é de 89,61%. Ontem, o valor era de 86,63%.

Segundo os dados divulgados, dos 385 leitos disponíveis para pessoas com o novo coronavírus e que precisam de internação, 345 estão ocupados - tanto na rede pública quanto privada. Há 40 leitos livres somando as redes pública e particular.

Apesar do aumento, a taxa deve cair amanhã, quando serão contabilizados os 10 leitos de UTI exclusivos para covid-19 abertos hoje no Hospital Ouro Verde. De acordo com a Administração, no momento em que foi extraída a ocupação do sistema, a abertura dos leitos no hospital estava ocorrendo.

Apesar disso, a Administração garantiu que, no decorrer do dia, os 10 leitos foram todos abertos e pacientes já foram regulados para a nova ala. Os novos leitos serão incluídos à taxa de sábado.

COMO ESTÃO OS SETORES

No SUS municipal, de 144 leitos, 141 estão ocupados, o que equivale a 98%. No SUS estadual, que engloba o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, são 83 leitos no total, dos quais 68 estão ocupados, o que corresponde a 82%;

Na rede particular, dos 158 leitos, 136 estão ocupados, o que equivale a 86%. Ainda nesta sexta-feira, Campinas chegou a 437 óbitos pelo novo coronavírus e 11.536 casos confirmados.

Mais do ACidade ON